Publicado em 28/07/2009 as 12:00am

Adoção vira terror em filme que chega às telas nos EUA

Produzido por DiCaprio, 'A órfã' provoca polêmica antiadoção. História traz casal que adota menina cruel de 9 anos.


A adoção está em alta, que o digam Angelina Jolie e Madonna. Mas no filme “A órfã" (The orphan), que chegou aos cinemas americanos neste final de semana, a adoção vira uma experiência aterrorizante. E não para a criança, mas para os pais adotivos.

Dirigida pelo quase estreante Jaume Collet-Serra (de “A casa de cera”), a trama traz o casal problemático Kate (Vera Farmiga, de “Os infiltrados”) e John (Peter Sarsgaard, de “Plano de voo”), que resolve adotar uma menina russa de 9 anos. No início, a pequena Esther (Isabelle Fuhrman) parece um anjo. Mas logo ela mostra que está longe de ser.


O filme, que tem Leonardo DiCaprio como produtor, vem enfrentando críticas de entidades ligadas à adoção e famílias que tiveram a experiência, que chegaram a criar um grupo no Facebook chamado “Eu estou boicotando o filme 'A órfã'”.

Em resposta a protestos, o estúdio Warner Bros decidiu mudar o trailer do longa-metragem, retirando seguinte fala: “Deve ser difícil amar uma criança adotada tanto quanto seus próprios filhos”. O texto foi substituído pela voz da menina dizendo “acho que mamãe não me ama de verdade”. 


História

Na trama, que deve entrar em cartaz nos cinemas brasileiros dia 4 de setembro, o casal decide pela adoção depois que Kate perde tragicamente um bebê e passa a ter pesadelos e paranóia. Em luta para salvar seu casamento, eles decidem partir para a adoção, mesmo já tendo dois filhos.

No orfanato local, o casal fica encantado com Esther, que mostra-se inteligente, educada, e doce, com talento para tocar piano e pintar. Parece a criança dos sonhos, até que ela começa a revelar sua crueldade ao esmagar a cabeça de um pássaro contra uma pedra. Daí para frente, é só sangue.

Inspirada na história de Alex Mace, a personagem Esther vem se juntar ao hall das crianças mais malvadas da história do cinema, que inclui Damien de “A profecia”, a possuída Regan de “O exorcista” e o personagem de Macaulay Culkin em “O anjo malvado”.

Fonte: (G1)