Publicado em 14/08/2009 as 12:00am

Primeira luva de cristais de Michael Jackson será leiloada

Evento beneficente acontece em Nova York em novembro. Leilão ainda tem letras de Hendrix e fita demo de Madonna.

A luva brilhante que Michael Jackson usou quando apresentou seu passo de dança “moonwalk” na TV em 1983 será leiloada.

Ela não é como as suas outras luvas, que foram feitas para a mão direita e adornadas com cristais costurados à mão. A luva original, feita para a mão esquerda e que acompanhou o chapéu branco e os passos de dança para o especial de TV de 25 anos da Motown, foi comprada em uma loja e modificada, coberta com uma camada de imitações de diamantes.

A luva, descrita por Darren Juliens da Julien’s Auctions como “o Santo Graal dos colecionadores de itens relacionados a Michael Jackson” será leiloada ao lado de outros itens únicos – como uma fita demo do começo da carreira de Madonna e letras inéditas de Jimi Hendrix – no dia 21 de novembro no Hard Rock Café da Times Square em Nova York.

Walter “Clyde” Orange, um dos fundadores do grupo Commodores, é o dono da luva desde 1983, quando a ganhou de Jackson.

Orange disse que conheceu Michael quando os Commodores entraram em turnê com o Jackson 5 nos anos 1970. Orange sempre pedia um autógrafo para o jovem cantor, mas Jackson se recusava, dizendo que Orange era o mais famoso dos dois. O pedido de autógrafo virou uma piada interna.

Eles se encontraram novamente em março de 1983, quando o especial da Motown foi gravado. Jackson cantou com seus irmãos, depois subiu ao palco sozinho para deixar o mundo espantado com seu “moonwalk” durante a música “Billie Jean”.

Orange encontrou Jackson nos bastidores e voltou a pedir um autógrafo. O cantor lhe deu a luva no lugar da assinatura. Depois da morte de Jackson no dia 25 de junho, aos 50 anos, Orange decidiu que a luva era importante demais para ficar com ele.

“Existem centenas de outras luvas por aí, mas esta é aquela que você quer. Ele jogou para mim depois (da performance) de ‘Billie Jean’”, explica o cantor de 62 anos. “O mundo deveria ver isso. Esta é a primeira. E aquela foi a música que o fez ganhar o status de superstar”.

Orange diz que espera que a luva encontre um lar permanente no Rock and Roll Hall of Fame ou em uma instituição similar. E ele está feliz com o fato de que a renda do leilão irá beneficiar a MusiCares, uma organização que ajuda músicos com dificuldades financeiras e com problemas com drogas.

Fonte: (G1)