Publicado em 2/02/2010 as 12:00am

Comediante ET é velado com roupa que usava em programas de TV

Humorista morreu após sofrer parada cardíaca nesta terça. Fãs, amigos e parentes lotavam sala em Osasco onde ocorria velório.

O comediante Cláudio Chirinian, o ET da dupla ET e Rodolfo, era velado no começo da tarde desta terça-feira (2) em um cemitério em Osasco, na Grande São Paulo, com o uniforme que marcou seu personagem: terno branco e gravata borboleta. O humorista de 46 anos morreu na madrugada desta terça, vítima de um enfarte, no Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo.

Diversos parentes, amigos e fãs de Chirinian entravam na sala 3 do velório do Cemitério Bela Vista nesta manhã para homenagear o comediante. Entre os admiradores estava um grupo de garis que varria a praça em frente ao cemitério. “Não acreditei quando me disseram que o ET tinha morrido”, contou a varredora Claudia Cardoso da Silva, de 37 anos.

Triste com a notícia, ela e outras garis decidiram interromper o serviço por alguns minutos e entraram no velório para ver pela última vez o ídolo. “Eu já sentia muita falta dele na TV. Agora é que sinto mais falta ainda”, completou Claudia.

Também emocionada com a morte de Chirinian, a varredora de rua Ana Lucia Macedo, de 45 anos, lembrava com saudade dos programas que o humorista fazia. “No domingo eu não saía de casa. O que eu mais gostava era quando ele acordava celebridades. Era muito engraçado"

Muito emocionados, parentes do comediante não quiseram dar entrevista. 


UTI


Segundo a assessoria de imprensa do hospital, o humorista sofreu à 1h30 desta terça uma parada cardíaca em decorrência de choque séptico, broncopneumonia e insuficiência renal.

Chirinian deu entrada no hospital em 28 de janeiro, mas já estava internado desde o dia 16 em um hospital de Osasco. ET será enterrado às 17h no cemitério.


Fama

A fama de ET na televisão começou em 1997, quando formou dupla com o também humorista Rodolfo para apresentar um quadro no programa “Ratinho Livre”, da Rede Record. No ano seguinte, os dois foram contratados pelo SBT para um quadro no “Domingo legal”, em que apareciam acordando celebridades.

Depois de uma passagem pela Rede TV!, ET voltou à Record em 2004 para participar do quadro “Na boca do forno”, do programa “Raul Gil”. A participação durou pouco e desde então o humorista estava longe da televisão.

Fonte: (G1)