Publicado em 19/07/2011 as 12:00am

"Beijo gay só lá em casa", diz Aguinaldo Silva

Aguinaldo Silva é o único autor a ter escrito somente novelas das nove. Ele criou sucessos como gTietah, gFera Feridah e gRoque Santeiroh e estreia seu novo trabalho, gFina Estampah, dia 15 de agosto, na Rede Globo. Antes de ficar af

Aguinaldo Silva é o único autor a ter escrito somente novelas das nove. Ele criou sucessos como “Tieta”, “Fera Ferida” e “Roque Santeiro” e estreia seu novo trabalho, “Fina Estampa”, dia 15 de agosto, na Rede Globo. Antes de ficar afogado em sinopses e roteiros, Aguinaldo participou de um bate-papo no projeto “Cenas de um autor”, nesta segunda-feira (18), no Rio de Janeiro, e falou sobre sua carreira sem censura.

O único assunto vetado foi sua próxima novela, mas ele tem motivos: “Não posso falar nada, porque as únicas coisas que eu falei acabaram aparecendo em outras novelas. Só digo que é tradicional, realista e bem popular. Está mais para ‘Senhora do Destino’ do que ‘Duas Caras’”. O autor ainda aproveitou para descartar qualquer possibilidade de cenas quentes entre pessoas do mesmo sexo - mas vai apresentar um misterioso personagem homossexual. “Beijo gay só lá em casa. Não é uma questão da emissora. Fiz uma enquete e 75% das pessoas disseram não querer ver beijo gay na televisão. Então acho que esse assunto deve ficar em banho-maria por uns 25 anos”.

@

@

Confundidos com casal gay, pai e filho são agredidos no interior de SP; homem perdeu parte da orelha

A Polícia Civil de São João da Boa Vista investiga a agressão contra dois homens, pai e filho, que teriam sido confundidos por criminosos com um casal gay. O caso ocorreu no fim de semana, durante uma feira agropecuária da cidade. O homem de 42 anos perdeu boa parte da orelha direita. O rapaz de 18 anos foi encaminhado ao hospital, mas já foi liberado.

Segundo a polícia, os dois estavam abraçados quando integrantes de um grupo de sete jovens perguntaram se eles eram gays. Diante da negativa, o grupo saiu, mas retornou e começou a espanca-los. Os agressores ainda não foram identificados.

A organização da feira informou que vai colaborar com as investigações e que, no momento em que ela ocorreu, pelo menos 150 seguranças e policiais militares patrulhavam o evento. 

Fonte: UOL.COM.BR