Publicado em 8/08/2011 as 12:00am

Prestes a visitar o Brasil, Katy Perry ao vivo é uma boa e colorida surpresa

Mais de 7 mil pessoas, com idade variando entre 6 e 20 anos, lotaram ontem o Nokia Theater na terceira e última noite da turnê "California Dreams", da cantora Katy Perry, em Los Angeles, nos EUA. A cantora se apresenta com este mesmo show no Rock in Rio,

Mais de 7 mil pessoas, com idade variando entre 6 e 20 anos, lotaram ontem o Nokia Theater na terceira e última noite da turnê "California Dreams", da cantora Katy Perry, em Los Angeles, nos EUA. A cantora se apresenta com este mesmo show no Rock in Rio, no próximo dia 23 de setembro, e dois dias depois em São Paulo. No hall de entrada, garotas muito novas (com saltos muito altos) circulavam acompanhadas pelas mães, enquanto adolescentes vestindo meias coloridas, roupas brilhosas ou perucas azuis faziam filas para comprar algo de uma das cinco lojas cheias de produtos da cantora espalhadas pelo local.

O espetáculo começou às 20h30 com show de abertura da inglesa Robyn, aquela que desde os anos 90 tenta estourar nas paradas, sem muita expressão. E o que a cantora conseguiu ontem foi entendiar os fãs de Katy, que em sua maioria permanecerem impassíveis durante todo o show. Uma hora depois a atração principal subiu ao palco com um de seus modelitos ao estilo pin-up branco, usando uma peruca preta e gritando "Hello, my hometown" ("Olá, minha cidade natal!"). Mais tarde, assumiu que não nasceu em Los Angeles, mas é 'como se tivesse nascido' -- Katy é de Santa Barbara, também na Califórnia.

Os primeiros acordes do hit "Teenage Dream" começam. O palco multicolorido tem pirulitos, algodões doces e biscoitos. No intervalo entre as músicas, o telão mostra uma historinha na qual Katy é uma menina aprisionada em um mundo preto e branco, até que sonha estar em um universo cheio de cores e doces no qual procura seu verdadeiro amor, um padeiro.

Fonte: UOL.COM.BR

Top News