Publicado em 24/08/2011 as 12:00am

Morre aos 75 anos o ex-membro do Los Panchos, Enrique Cáceres

O mexicano Enrique Cáceres, que foi membro do lendário trio Los Panchos, faleceu na segunda-feira na Cidade do México aos 75 anos de idade, após uma longa batalha contra uma doença pulmonar, informou nesta terça-feira o presidente da Sociedade de Autores

O mexicano Enrique Cáceres, que foi membro do lendário trio Los Panchos, faleceu na segunda-feira na Cidade do México aos 75 anos de idade, após uma longa batalha contra uma doença pulmonar, informou nesta terça-feira o presidente da Sociedade de Autores e Compositores do México, Armando Manzanero.

Cáceres, nascido na província mexicana de Yucatán (leste) em 1936, passou a integar os Panchos nos anos sessenta ao substituir o célebre cantor porto-riquenho Johny Albino. Antes do Los Panchos, Cáceres fez parte do Los Tecolines.

Com Los Panchos, Cáceres gravou entre 1966 e 1971 mais de 200 temas, incluindo vários discos com artistas convidados como a italiana Gigliola Cinqueti, o intérprete mexicano de boleros, Javier Solís, a argentina Estella Raval e a americana Eydie Gormie (Edith Gormezano).

O álbum com Gormie incluía alguns dos mais renomados êxitos do trio, como "Piel Canela", "Nosotros", "Caminemos", "Sabor a mí" e "Noche de Ronda". Cáceres foi também compositor de temas como "Adulterio" e "Amigo Cantinero".

O Los Panchos foram criados em Nova York em 1944 pela CBS para aproveitar o auge do bolero interpretado por trios e gravaram mais de 1.100 canções.

Fonte: UOL.COM.BR