Publicado em 26/10/2011 as 12:00am

Fotógrafo vai à polícia e se diz ameaçado por Valdivia após imagens íntimas

O jornal O Dia publicou nesta quarta-feira reportagem afirmando que o fotógrafo Grizar Júnior foi à polícia e registrou um boletim de ocorrência para relatar ameaças que teria sofrido do meia Valdivia, do Palmeiras. De acordo a versão de Grizar Júnior, di

O jornal O Dia publicou nesta quarta-feira reportagem afirmando que o fotógrafo Grizar Júnior foi à polícia e registrou um boletim de ocorrência para relatar ameaças que teria sofrido do meia Valdivia, do Palmeiras. De acordo a versão de Grizar Júnior, divulgada pelo jornal, Valdivia teria feito ameaças a ele após constatar que havia sido fotografado beijando outra mulher -ele é casado com a chilena Daniela Aranguiz.

No boletim registrado na polícia, o fotógrafo relata que deixou a cidade de São Paulo por dois meses, assustado e temendo por sua segurança. A suposta foto de Valdivia com uma mulher teria sido tirada pelo fotógrafo em 4 de fevereiro, de acordo com O Dia.

O UOL Esporte entrou em contato com pessoas próximas a Valdivia, que informaram que o jogador não se pronunciará sobre o assunto.

Valdivia não teria dado permissão para que a foto fosse tirada. Segundo o fotógrafo, o jogador do Palmeiras foi em direção a ele exigindo que as imagens fossem apagadas, o que não ocorreu.

Grizar Júnior acrescentou que Valdivia tentou negociar as imagens tiradas, evitando que chegassem ao público. O fotógrafo conta que Valdivia avisou que não iria fazer nada com ele e família, mas “tinha quem fizesse”.

Quase dois meses após a suposta foto, Daniela, mulher do meia palmeirense, postou no Twitter que a "maioria das mulheres brasileiras é piranha". 

Fonte: UOL.COM.BR

Top News