Publicado em 27/01/2012 as 12:00am

Falta de planejamento leva milionários a perderem suas fortunas

O segredo do sucesso nos investimentos


Quem nunca sonhou em ganhar uma bolada na loteria, como aconteceu com a personagem Griselda (Lília Cabral), na novela "Fina Estampa"? Sim, é preciso ter sorte. Mesmo para os sortudos, porém, o planejamento é essencial. Afinal, a quantia ganha, mesmo que seja alta, pode acabar.

Ganhar muito e depois perder tudo é menos raro do que se imagina. Artistas como Marvin Gaye, esportistas como Mike Tyson e bilionários como Sean Quinn, que já foi o homem mais rico da Irlanda, pediram falência após ganhar milhões.

Bancos e empresas especializadas em planejamento financeiro oferecem assessoria a pessoas que ganham muito dinheiro de uma hora para outra --como jogadores de futebol, artistas e até mesmo vencedores da loteria.

"Cuidar do dinheiro é tão importante quanto cuidar da saúde. O planejador financeiro cuida dos investimentos e ajuda a garantir uma maior tranquilidade financeira para os clientes", afirma o planejador financeiro familiar Augusto Sabóia.

Guardar o dinheiro e pensar com calma

Para a planejadora financeira Myrian Lund, quem ganha muito dinheiro de forma inesperada ou muito rápido deve guardar antes de traçar metas.

"Quando surge uma quantia alta de dinheiro, a primeira coisa a fazer é depositar esse dinheiro em um banco. Além de ter liquidez, você pode pensar por um tempo maior nas metas de curto, médio e longo prazo", disse.

Se a ideia for separar uma parte do dinheiro para aproveitar ou viajar, isso também deve ser feito de forma organizada.

"É possível pegar 10% ou 20% do dinheiro recebido e viajar ou fazer alguma extravagância. O problema é quando a pessoa gasta mais do que deveria com isso", diz Lund.

Planejamento de longo prazo é o segredo

O segredo do sucesso nos investimentos é não pensar apenas no dia seguinte, segundo Sabóia.

“As pessoas precisam ter noção de que o tempo de vida esticou muito nos últimos anos, com os avanços na medicina. O planejamento tem de ser feito visando uma vida muito mais longa do que a de nossos pais e avós”, disse.

A dica vale também para quem quer ter uma vida financeira tranquila na velhice. Sabóia afirma que um jovem que mora com os pais deve tentar economizar pelo menos 50% do salário pensando no futuro.

"Economizar é sempre importante. Não pode sair por aí gastando tudo o que ganha. Quem faz isso terá dificuldades na velhice”, afirmou.

Fonte: (da uol)

Top News