Publicado em 12/07/2012 as 12:00am

Irmã adotiva de Léo Áquilla morre, mas família decide não avisar a peoa

A família de Léo Áquilla decidiu não avisar a peoa, confinada em "A Fazenda 5", sobre a morte da irmã adotiva, morta em 2 de julho. "Ela não tinha parentesco nenhum, nem de sangue nem por meio judicial. Era uma irmã adotada afetivamente, por isso a Record

A família de Léo Áquilla decidiu não avisar a peoa, confinada em "A Fazenda 5", sobre a morte da irmã adotiva, morta em 2 de julho. "Ela não tinha parentesco nenhum, nem de sangue nem por meio judicial. Era uma irmã adotada afetivamente, por isso a Record não foi avisada", informou ao UOL o assessor da drag queen.

De acordo com a assessoria, a Record dá abertura para avisar ou não a emissora sobre a morte de parentescos dos participantes do reality. A mãe de Léo Áquilla prefere falar pessoalmente sobre o assunto para não abalar a peoa. "O enterro foi uma coisa rápida demais, ela morreu de manhã e a tarde foi enterrada. Como não havia laço sanguíneo a família ficou com medo da Léo ficar muito traumatizada", disse o assessor.

É a segunda vez que um participante de "A Fazenda 5" perde um ente querido. Angelina Filgueiras, irmã de Ângela Bismarchi, morreu em 16 de junho. A peoa foi avisada da morte, mas preferiu continuar no reality show e não ir ao enterro.

Fonte: uol.com.br