Publicado em 2/10/2012 as 12:00am

Schwarzenegger nega ter subornado governanta

Em entrevista ao programa "60 Minutes", Arnold Schwarzenegger falou pela primeira vez sobre o relacionamento amoroso que manteve com a governanta da sua casa, enquanto era casado com Maria Shriver, e admite ter mentido a sua mulher sobre o caso.

Em entrevista ao programa "60 Minutes", Arnold Schwarzenegger falou pela primeira vez sobre o relacionamento amoroso que manteve com a governanta da sua casa, enquanto era casado com Maria Shriver, e admite ter mentido a sua mulher sobre o caso.

Segundo o site TMZ, Schwarzenegger também nega que tenha subornado a governanta Mildred Baena para que ela escondesse o filho Joseph que eles tiveram, hoje adolescente, que cresceu sem saber que ele era seu pai.

Arnold diz que nunca teve uma conversa direta com Mildred sobre Joseph. Ele apenas "ligou os pontos" e, secretamente, começou a enviar-lhe dinheiro.

Arnold conta que Mildred, que ainda estava trabalhando para ele na época, nunca questionou a razão do dinheiro, dizendo que ela "sabia do que se tratava", mas insistiu que não era dinheiro para mantê-la quieta.

Ele, então, a defende e diz: "Mildred é uma boa pessoa. Ela não estava lá para se aproveitar de mim".

Maria não sabia de traição

Arnold Schwarzenegger também disse na entrevista que Maria Shriver sabia dos vários casos extraconjugais que ele manteve durante o casamento.

A ex-mulher do ator, porém, mantém outra versão da história. Segundo o site TMZ, uma pessoa próxima à Shriver disse que isso é "uma bobagem" e que ela teria terminado o relacionamento se Schwarzenegger tivesse assumido as traições.

A fonte ainda afirmou que, se soubesse, ela nunca teria defendido o então marido dos rumores de casos que apareceram enquanto estiveram juntos.

Já outro amigo de Shriver teria dito ao site que ela suspeitava das atitudes do ator, mas isso nunca foi discutido entre os dois. De acordo com a fonte, ela teria ficado "realmente devastada" ao saber das traições.

A revelação ocorreu em 2011, logo depois de ele deixar o governo da Califórnia. Seu casamento com Shriver, que durou 25 anos e resultou em quatro filhos, acabou após a revelação.

A entrevista coincide com o lançamento da autobiografia do autor, "Total Recall: My Unbelievably True Life Story", que narra momentos da vida do artista durante sua infância na Áustria até sua vida política.

Fonte: uol.com.br