Publicado em 10/05/2013 as 12:00am

'Princesa' Fernanda avalia as muitas transformações em sua vida pós-BBB

Vencedora da 13ª edição do reality fala do 'quase casamento' com André e das mudanças de casa, de rotina e de estilo: 'Meu problema era o exagero'.


Ela é a mais nova queridinha do pedaço. Queridinha e milionária. Aos 25 anos, Fernanda Keulla, última vencedora do "Big Brother Brasil", viu sua vida mudar radicalmente após conquistar a 13ª edição do reality show.  Fê (ou Nanda), como gosta de ser chamada, sempre teve o sonho de participar de um programa de televisão, mas nunca imaginou que seria a personagem principal do horário nobre.

“Não pensei na amplitude, fiquei chocada ao ver como a televisão consegue alcançar as pessoas, não tinha noção desse poder, do que é ser querida pelo publico, as pessoas notarem sua presença nos lugares. Me inscrevi pra ter a tentativa de viver um sonho que sempre tive, ir atrás do prêmio que era meu maior objetivo e viver uma experiência inesquecível  que jamais viveria se não tivesse entrado", diz Fernanda.

E ela ganhou. Em apenas três meses, além do prêmio, a mineira conquistou um namorado, amigos famosos, milhões de fãs e o rótulo de princesa. Trocou Belo Horizonte pelo Rio de Janeiro, a calmaria e a rotina de um escritório de advocacia pelos flashes e câmeras da badalada vida de celebridade, os vestidos justos por roupas descoladas, o megahair pelo cabelo natural e o aconchego da família pelos conselhos dos novos amigos. Não foi pouco.

Ainda assim Fernanda garante que não pirou, não surtou, não estrelou. Sente saudades do que tinha antes, mas segue feliz com o que tem conquistado. "Sinto falta de poder sair e não ter que me preocupar em me arrumar porque eventualmente pode ter uma foto. Antigamente, eu ia ao supermercado de chinelo, hoje não posso, mas não me incomoda. Já o que mais gosto é do carinho das pessoas. É algo que vai além da aparência. Fico feliz que aprovaram minhas atitudes", comemora.

Fernanda também cumpriu com a promessa de deixar todo seu dinheiro para ser administrado pelo pai, o advogado José Geraldo Vilaça, e revela que o prêmio está do jeito que recebeu: inteirinho: "Ainda não gastei nada, cumpri o que prometi. O prêmio foi todo para uma conta e meu pai cuida de tudo, ele sabe o que é melhor para o bem estar da minha família, então está administrando tudo para mim."

Fonte: www.globo.com