Publicado em 15/06/2013 as 12:00am

Revista prevê que "Homem de Aço" arrecade mais de US$ 120 milhões nos EUA

Revista prevê que "Homem de Aço" arrecade mais de US$ 120 milhões nos EUA


De acordo com os analistas do mercado cinematográfico da revista "Hollywood Reporter", "Homem de Aço" deve terminar o fim de semana de estreia nos Estados Unidos, onde foi lançado na sexta (14), com arrecadação entre US$ $122 milhões e US$ $125 milhões. A estreia no Brasil está prevista para 12 de julho.

O filme, que traz o ator britânico Henry Cavill no papel de Clark Kent/Superman, arrecadou US$ 44,1 milhões somente na sexta, que com os US$ 12 milhões embolsados na quinta à noite, com pré-estreias patrocinadas por uma rede de supermercados, levou a bilheteria do filme a US$ 56,1 milhões.

Dirigido por Zack Snyder e produzido por Christopher Nolan, "Homem de Aço" deve ultrapassar facilmente a dos US$ 200 milhões de arrecadação mundial até o término do fim de semana. Amy Adams estrela o filme como Lois Lane e Michael Shannon é o vilão General Zod.

Críticos se dividem

Lançado nos EUA e Inglaterra nesta sexta (14), "O Homem de Aço" não foi muito bem recebido pelos críticos norte-americanos e ingleses. De acordo com o site Metacritic, que avalia as críticas dos principais veículos impressos e online dos dois países e as classifica em uma pontuação de 0 a 100, a média do filme ficou em 55, com 20 críticas positivas, 24 médias e três negativas.

Entre os jornalistas especializados que falaram muito bem do reinício da saga do super-herói, está Dave Calhoum, da edição londrina da revsita Time Out. Calhou escreveu que "Homem de Aço" é "enérgico, envolvente e divertido, mesmo quando desliza nos 45 minutos finais de explosões e lutas, durante os quais a razão começa a desaparecer e a ciência a não fazer sentido".

Houve quem torcesse o nariz para o filme, como a jornalista Manohla Sargis, do jornal The New York Times. "Ao mesmo tempo freneticamente exagerado e maravilhosamente filigranado, 'Homem de Aço' vai atrair todos que não se decepcionarem", escreveu, com ironia.

Entre os usuários do site, que também dão suas notas, numa escala de 0 a 10, o cenário foi bem outro. A média dos 354 votos registrados foi de 8.7, o que o site considera "aprovação universal".

Fonte: www.uol.com