Publicado em 23/06/2013 as 12:00am

Guerra Mundial Z | Saiba como teria sido o final do filme antes das refilmagens

Guerra Mundial Z | Saiba como teria sido o final do filme antes das refilmagens


Não é novidade que Guerra Mundial Z teve inúmeros problemas em seu terceiro ato e passou por custosas refilmagens que fizeram dele o mais caro filme de horror de todos os tempos. No entanto, não havia sido revelado como era o final original da trama até agora.

O site Movie.com publicou a suposta sequência final de Guerra Mundial Z, que oferece uma visão completamente diferente daquela que chegou aos cinemas estadunidenses.

[Cuidado, possíveis SPOILERS abaixo!]

A última cena do longa finalizado mostra Gerry (Brad Pitt) e Segan (Daniella Kertesz) entrando em um avião que deixa uma Jerusalém tomada por zumbis. Quando a aeronave cai, os dois seguem para a Organização Mundial de Saúde, onde Gerry descobre uma doença terminal que, se tratada, faz com que os humanos consigam se camuflar entre os zumbis. Confira abaixo como era a cena antes das refilmagens:

O avião de Gerry e Segen tem Moscou como destino. Após o desembarque ser feito com segurança, todos são agrupados pelos militares. Os idosos e os doentes são executados e as pessoas saudáveis, incluindo Gerry - que está muito abalado -, são imediatamente convocados para o serviço militar, mas não antes de um soldado russo tomar o celular de Gerry. A história dá um salto temporal à frente e agora vemos Gerry barbado no grupo russo de combate contra zubis. Ele parace estar quase morto, mas na verdade se tornou um matador de zumbis muito experiente que agora comanda seu próprio time.

A unidade de Gerry fica encarregada de liberar túneis de metrô de hordas zumbis. Esta é a primeira vez que vemos a Lobo, a ferramenta perfeita para matar zumbis que é uma espécie de pá/machado da batalha, uma das poucas coisas que teria sido levada do livro ao filme. Gerry e sua equipe usam a Lobo para matar qualquer zumbi que os encontre seguindo o som. É tudo trabalho de rotina para eles que, quando não estão nos túneis, estão se preparando para voltar para eles. Durante esse tempo de inatividade, vemos um resquício de amizade entre Gerry e Simon, outro homem do grupo que fala inglês. Os dois brincam de adivinhação, pensando em quais celebridades teriam sobrevivido ao surto.

Vemos algumas cenas intensas de combate contra zumbis dentro dos túneis (em um momento, Gerry tem que matar um de seus colegas após ele ser mordido). Eventualmente eles retornam à superfície e aparecem bem no meio da batalha de Red Square (embora isso não esteja no filme e sido criado apenas para marketing). Quando sua equipe é desmantelada, distrubiundo os soldados entre outras linhas de frente, Gerry tenta convencer o general encarregado de que sua equipe deve ser autorizada a ensinar outras pessoas a lutar com Lobos.

Gerry discute com um general, mas ele eventualmente consegue convencê-lo a deixá-lo ensinar algumas das outras equipes como lutar. O problema é que isso implica nele voltando para os túneis com Simon para que eles possam passar pelos zumbis. É lá que Gerry, lembrando o quão rápidos eles eram em Jerusalém, percebe que os zumbis têm dificuldade em lidar com o inverno russo, notando que a maneira mais fácil de derrotá-los é deixar que congelem.

Agora eles devem avisar ao comando russo para apagar todos os fogos e mover suas linhas de batalha a fim de manter o maior número de zumbis no frio quanto possível. No meio do caminho eles se deparam com uma sala onde o soldado russo que tomou o celular de Gerry está bebendo com algumas mulheres relutantes, uma dessas é Segen. Gerry lança uma granada na sala, se escondendo com Segen e Simon atrás de um sofá para não serem atingidos pela explosão, fugindo em seguida.

Mais uma vez Gerry se reúne com o geral com a intenção de convencê-lo a usar o tempo frio da Rússia para sua vantagem, da mesma forma como fizeram em guerras passadas. O general pede que todos apaguem fogueiras para que o plano de Gerry tenha efeito. Eventualmente, isso lhes dá a vantagem na batalha. Gerry usa essa vantagem para recuar e usa o celular que recuperou do soldado para ligar para sua esposa, Karin. Mesmo após toda a sequência da guerra russa, é esta ligação que muda o tom do filme.

Gerry encontra Karin. Ele explica a ela que o frio é a melhor forma de ganhar as batalhas. Por estar nos Everglades, região da Flórida que faz muito calor, isso não a ajuda muito. Ela está com as crianças no tipo de acampamento no qual deve se dar algo em troca para sobreviver e a única coisa que ela tem para dar é a si mesma. Karin não diz isso a Gerry, mas após desligar o telefone, vemos que ela está em um relacionamento consensual relutante com o soldado que os resgatou do telhado no início do filme.

Matthew Fox vive um piloto de helicóptero que mal aparece que não tem quase nenhuma fala. Sua maior participação vinha ao final, quando ele liga para Gerry e fala que é melhor que ele fique onde está e comece uma nova vida, assim como ele fez com Karin. Gerry se recusa a aceitar isso, tomando para si a missão de voltar para sua esposa e filhas. O problema é o porto mais próximo que não está congelado está a milhares de quilômetros de distância. Vemos, então, uma montagem de Gerry, Simon e Segen cruzando vários terrenos até finalmente chegarem a um barco. Eles navegam em direção a costa de Oregon e a atacam como se fosse o inimigo. É assim que o filme termina. Não com Gerry descobrindo a cura, mas com um ataque aos Estados Unidos para obter Karin volta.

Guerra Mundial Z mostra um repórter da Organização das Nações Unidas (Pitt) que escreverá o documento sobre a "Guerra Mundial Zumbi" em sua viagem de investigação ao redor do globo. Ele encontra personagens e analisa situações em países distintos, em busca tanto da causa como das maneiras encontradas pelas pessoas para sobreviver nesse apocalipse.

Fonte: www.uol.com