Publicado em 23/07/2013 as 12:00am

Dennis Farina sofria de câncer segundo chamada de emergência divulgada por site

Dennis Farina sofria de câncer segundo chamada de emergência divulgada por site


O ator Dennis Farina, que morreu nesta segunda-feira (22) aos 69 anos nos Estados Unidos, foi descrito como um "paciente de câncer" em uma chamada de emergência feita no domingo. A informação é do site TMZ.

O veículo afirma que a gravação reproduz a voz de uma mulher que, da casa do ator, diz que ele precisa de oxigênio e está com uma dificuldade extrema em respirar.

Segundo o site, o cardiologista do ator confirmou que ele tinha sofrido de um "pequeno câncer" há 13 anos, mas que foi tratado e curado após cirurgia. Dennis teve recentemente uma recaída e estava obtendo o tratamento necessário, segundo o médico.

Porém, o cardiologista disse ao TMZ ter certeza de que a causa da morte do ator de "Law & Order" foi mesmo o coágulo de sangue em seu pulmão, não o câncer. Foi essa a explicação dada pelo representante do ator, Lori De Wall.

Segundo o TMZ, não havia sido divulgado antes que Farina tinha câncer.

Atuação
Nascido em Chicago, nos Estados Unidos, Farina também protagonizou outras séries além de "Law & Order", como "Miami Vice", "Histórias do Crime", "New Girl" e "Luck". Um dos destaques de sua filmografia é o personagem coronel Walter Anderson, em "O Resgate do Soldado Ryan", de Steven Spielberg.

Assim como muitos de seus personagens, Farina trabalhou como policial em Chicago entre 1967 e 1985 e só se tornou ator após os 30 anos, quando participou como consultor do filme policial de Michael Mann, "Theft", em 1981. Durante os trabalhos, acabou ganhando um pequeno papel.

Em "O Nome do Jogo", ganhou o prêmio de "American Comedy Awards".

Seus papéis mais conhecidos são o de Joe Fontana, na série "Law & Order" e do mafioso Abraham Denovitz, também conhecido como "Cousin Avi", judeu americano que vai dos EUA à Europa em busca de um diamante no filme "Snatch - Porcos e Diamantes", de Guy Ritchie.

Fonte: www.uol.com