Publicado em 16/08/2013 as 12:00am

Brasileiro cria placa digital para carros

Brasileiro cria placa digital para carros

da redação

 

Natural do Espírito Santos, há cerca de dois anos, Clailton Carlota Junior abriu, em Somerville (Massachusetts), a empresa ICB Group Inc, especializada na criação de aplicativos para computadores, tablets e celulares. Neste período, ele colocou em prática uma de suas ideias que pode revolucionar o sistema de trânsito mundial se seguir em frente.

Junior criou um aplicativo para criar placas digitais para veículos, o que segundo ele além de dar maior segurança aos motoristas, agilizará todo processo burocrático tanto para registrar um carro quanto para descobrir todas as informações.

Ele explica que o sistema é muito simples, mas que precisa que um investidor acredite na ideia e o ajude a seguir adiante. "Para que dê certo, tenho que manter contato com as montadores de automóveis e com os governos da maioria dos países", fala.

Em uma entrevista exclusiva, ele explicou como funciona este sistema. Primeiro, as montadoras fabricarão carros com um computador compatível para o aplicativo que ele criou. Assim que o chip é inserido, uma placa "acende" na parte traseira e na frente do automóvel. "O material deverá ser feito em um acrílico resistente e a luz não deverá atrapalhar os demais motoristas", acrescenta.

A primeira vantagem é que quando o chip for retirado, as placas apagarão, logo o carro ficará impossibilitado de trafegar, caso contrário poderá ser parado por um policial. "Isso evitará roubos e dará mais tranquilidade ao proprietário do veículo", explica.

Outro ponto importante citado por ele, é que quando o veículo for vendido, quem o comprar, apresenta o chip ao departamento de trânsito de sua região e em poucos instantes, o órgão terá acesso à todos os dados do veículo, bem como multas existentes e demais problemas.

As placas, segundo ele, terão uma câmara adaptada que permitirá ao motorista registrar fotos de veículos suspeitos que estejam perto dele. Além disso, um sistema implantado no chip terá ligação direta com as seguradoras, a qual informará constantemente como está o seguro do carro, bem como demais taxas que devem ser pagas. "Uma luz verde ficará acesa quando o pagamento estiver em ordem, mas quando estiver prestes a vencer, acenderá uma amarela e quando o seguro for cancelado, a luz ficará verde", fala ressaltando que o motorista não poderá falar que esqueceu de pagar ou que não sabia do cancelamento", continua.

Esta ideia já foi concretizada e até o momento, Clailton já gastou cerca de US$10 mil (pouco mais de R$ 20 mil). Mas para que o projeto continue e chegue ao seu objetivo será necessário muito mais. Por isso ele está em busca de investidores que queiram ajudar. "Já patentiei a ideia e agora estou trabalhando em seu desenvolvimento", explica.

Os interessados em saber mais sobre a Placa Digital ou investir no projeto podem ligar para o telefone 617-767-1364. Se preferir podem enviar e-mail para info@icbgroupinc.com.

Fonte: Brazilian Times