Publicado em 19/09/2013 as 12:00am

BBC America cancela 'Copper'

BBC America cancela 'Copper'


No próximo domingo, 22, quando o último episódio da segunda temporada de Copper for ao ar, se despeça definitivamente da série de Tom Fontana. Não vai haver um terceiro ano. A BBC America acaba de cancelar a atração, que foi sua primeira produção própria e estreou em 2012, com índices de audiência satisfatórios.

O segundo ano, no entanto, apresentou números de público mais modestos – situação que se tornava mais preocupante quando comparada ao sucesso crítico e de público de Orphan Black, outra série própria da emissora que estreou em 2013.

Copper narrava o cotidiano do detetive irlandês Kevin Corcoran. O policial, recém-chegado da Guerra Civil a Nova Iorque, tenta fazer justiça no longínquo ano de 1864 e proteger os mais pobres das forças políticas no bairro de imigrantes Five Points. A história, que se passa em um cenário de doenças e prostituição (inclusive infantil), começa, mais ou menos, onde Gangues de Nova Iorque (filme de 2002 de Martin Scorsese protagonizado por Leonardo DiCaprio e Daniel Day-Lewis) termina.

A série era protagonizada pelo inglês Tom Weston-Jones (Mundo Sem Fim, Spooks) e tinha o renomado Tom Fontana – vencedor de três prêmios Emmy por St. ElsewhereHomicide: Life on the Street – como criador.

Em nota, a BBC disse que estava orgulhosa de sua produção e justificou o ponto final no enredo. “Depois de 23 episódios, com Lincoln morto e a população sendo curada, parece ser o momento certo para concluir essa história americana”, argumentou.

A primeira temporada de Copper teve dez episódios e a segunda terá treze capítulos, com final marcado para o próximo domingo, nos Estados Unidos. O aumento de episódios, pelo jeito, não era exatamente um investimento no seriado, que ainda não chegou ao Brasil.

Além de Weston-Jones, a série tinha no elenco Kyle Schmid (Being Human US), Anastasia Griffith (One Upon a Time), Franka Potente (American Horror Story: Asylum) e Ato Essandoh (Elementary). Donal Logue (Sons of Anarchy), Alfre Woodard (nomeada ao Oscar por Retratos  de Uma Realidade, 1983) e Billy Baldwin (Gossip Girl, Hawaii-Five 0) eram as novidades do segundo ano.

Fonte: www.uol.com