Publicado em 23/01/2014 as 12:00am

O ator Carlos Casagrande desfruta férias na Big Apple

Os destinos de férias do ator Carlos Casagrande e sua família foram New York e arredores, em uma pausa nas novelas e nas apresentações por todo o Brasil o galã aproveita para conhecer novos lugares e conversa com exclusividade para nossa redação.

Os destinos de férias do ator Carlos Casagrande e sua família foram New York e arredores, em uma pausa nas novelas e nas apresentações por todo o Brasil o galã aproveita para conhecer novos lugares e conversa com exclusividade para nossa redação.

Ele já participou de diversas novelas na Rede Globo tais como “Fina Estampa”, “Viver a Vida”, “Sete Pecados”, “A Lua me Disse”, “América”, “Paraíso tropical” e muitas outras, fez teatro, cinema e é um dos mestres de cerimônias mais requisitados do Brasil. Atualmente foi escolhido para ser o embaixador da Jaguar no Brasil, detalhe importante é que a marca só tem dois embaixadores, ele e o David Beckham.

Toda essa fama e publicidade não alteraram o seu jeito simples de ser, seu amor à família e a simpatia e humildade que são suas marcas registradas.

Durante seus dias de férias aqui ele aproveitou para conhecer novos lugares, praticar esportes de inverno e é claro, conversar conosco. Confira a entrevista que realizamos com o ator.

Brazilian Times: Você e sua família estão de férias em NYC há alguns dias. Como tem sido a sua passagem por aqui?

Carlos Casagrande: Como sempre, uma delícia! Adoramos a cidade, e desta vez foi diferente, pois nunca havíamos visitado no inverno. Os meninos amaram e queriam ficar mais, pois a neve os deixaram encantados. Nós patinamos no gelo, esquiamos, visitamos alguns pontos turísticos, curtimos restaurante, e claro, assistimos alguns musicais e shows.

Brazilian Times: O que te faz "encher os olhos" quando o assunto é EUA?

Carlos Casagrande: Bom! Os passeios são ótimos, mas o que invejamos mesmo é a sensação de segurança que o país proporciona.

Brazilian Times: Vocês embarcaram em alguma aventura mais exótica pela diversidade culinária que NYC oferece ou optaram mais o tradicional mesmo?

Carlos Casagrande: Fazemos o roteiro com que se possa divertir tanto nós quanto as crianças, então o tradicional é o mais recomendado, mas achei o ambiente do NINJA restaurante Japonês bem original, um tanto interativo e temático, as crianças adoraram, e assistimos a um grupo de Jazz no restaurante The Heath do Mckittrick Hotel, bem agradável e romântico e a comida estava ótima.

Brazilian Times: De todos os passeios o que foi mais encantador para vocês?

Carlos Casagrande: Sem dúvida o Central Park. Tudo é lindo. Os seus lagos congelados, a neve contornando os galhos secos das árvores, as pedras para escalar e montar um cenário para lindas fotos, o som das carruagens passeando, dos patins riscando o gelo na pista e até de um simpático violinista que encontramos no passeio e que emprestou seu violino pro Theo pra que ele ensaiasse uma música e ainda o encorajou a não desistir do seu dom, nesse mesmo caminho, encontramos pequenas trilhas que fazem o parque parecer um sítio, mas de repente, levantamos o olhar e desvendamos os arranha-céus de fundo e lembramos que estamos no centro de uma das cidades mais movimentadas do mundo, é definitivamente, encantador!

Brazilian Times: Você comentou que está aproveitando o frio que o Brasil não oferece. Quais foram os maiores desafios enfrentados neste inverno?

Carlos Casagrande: O desafio é exatamente este, suportar o frio! É maravilhoso porque não temos no Brasil, mas justamente por não estarmos acostumados com graus negativos o frio em qualquer circunstância se torna sempre um desafio.

Brazilian Times: Encontrou muitos brasileiros? Como foi a receptividade?

Carlos Casagrande: Nós brasileiros somos sempre receptivos, ainda mais quando recebidos em outros países, já vivi este sentimento, é quase um convite para pensarmos em mudar também, é como se disséssemos: Olha como aqui é bom, vem pra cá também! Kkkkk Enfim! Encontramos vários amigos, alguns que moram e NY e outros que moram em SP, inclusive amiguinhos das crianças que estavam passeando com a família como nós.

Brazilian Times: Mudando um pouco de assunto, você foi nomeado embaixador da Jaguar no Brasil e agora está aqui em NYC curtindo uma das "máquinas" da marca. Como está sendo esse momento da sua vida?

Carlos Casagrande: Ótimo! Foi um dos convites mais gratificantes que já tive. Sou apaixonado por carros, já tive Kart profissional, e agora posso correr com carros de rua em pistas de todo o Brasil nos eventos da marca, e por força do contrato preciso dirigir apenas a marca Jaguar no dia-a-dia, este acaba sendo um trabalho prazeroso realizado com extrema naturalidade, apesar de ser um contrato publicitário.

Fonte: Da Redação do Brazilian Times | Reportagem de Marisa Abel

Top News