Publicado em 30/03/2015 as 12:00am

Bailarina do Piauí participará do YAGP em NY

Anne Jullieth tem 13 anos e disputará uma das bolsas de estudo nos EUA. A menina começou no balé aos 3 anos e já coleciona vários títulos.

Anne Jullieth, aos 13 anos, tem a leveza e determinação peculiares de uma boa bailarina. A pequena piauiense integra o grupo seleto de 25 adolescentes que representarão o Brasil entre os dias 10 e 17 de abril no Youth America Grand Prix, um dos maiores concursos de dança do mundo e que reúne bailarinos de todos os continentes em Nova York.

Sob o olhar de profissionais renomados de diversos países, Jullieth mostrará no palco oficial do YAGP parte do repertório de Harlequinade – balé que conta as aventuras de Harlequin, Columbine, Pierrot e Pierrete – adaptada pelo seu professor e coreógrafo Helly Junior e Samba Le Lê, de Binho Pacheco , coreógrafo paulista.

O olhar doce e tímido de Jullieth encanta tanto quanto a habilidade dos seus passos. A menina que adora pop e se diz fã de Justin Bieber e Michael Jackson, pretende ganhar o mundo com a dança, mas precisamente os palcos do American Ballet Theatre (ABT) em Nova York, a maior escola dos Estados Unidos. Aluna do 7º ano, Jullieth diz que consegue conciliar os estudos com a agitada rotina de ensaios.

“Quero estudar cada vez mais dança. Hoje sou muito feliz em poder representar o Piauí lá fora. É muito legal tudo isso”, resume Anne. A apresentação no YAGP pode ser o passaporte para o sonho da piauiense, já que os melhores bailarinos conquistam bolsas de estudo nas mais renomadas escolas da Europa e EUA.

Filha de pais professores de dança, Jullieth mostrou seu talento logo cedo, quando tinha menos de 2 anos de idade. Geisa Pinheiro, a mãe e Frank Lauro, o pai, sempre levaram a menina às aulas que ministravam pela capital e interior do estado. Aos 3 anos Jullieth adotou as sapatilhas, mas somente ao completar 8 anos começou a competir e colecionar títulos.

Nas seis últimas edições do Festival de Dança de Teresina, promovido pela Fundação Cultural Monsenhor Chaves, Anne Jullieth conquistou o prêmio de destaque infantil e juvenil e recentemente foi agraciada com o título de melhor bailarina clássica do estado.

Por mais de 30 vezes conseguiu o primeiro lugar em competições locais, estaduais e nacionais. Pelo segundo ano consecutivo Jullieth está entre os 25 solistas selecionados pela Delegação Brasileira para a final do YAGP 2015 que tem como palco o Lincoln Center em Nova York.

Orgulhosos, os pais estão sempre acompanhando Jullieth e apoiando a filha. “Temos muito orgulho e mesmo diante de tantas conquistas eu sempre falo para ela que é preciso ter maturidade para aceitar qualquer que seja o resultado”, disse a mãe.

Dessa vez que irá acompanhar a bailarina será a mãe. As despesas com a viagem são altas e os pais venderam entre os amigos livros de balé clássico, cedidos pelo Instituto Passo de Arte de São Paulo, além de contar com apoio financeiro da prefeitura de Teresina e do governo do estado.

Fonte: Da Redação