Publicado em 4/03/2016 as 12:00am

Wesley Safadão lota shows nos EUA e é cotado para se apresentar na Europa

Sucesso em turnê nos EUA fez surgir propostas do velho continente

Com casas cheias e ingressos esgotados, a primeira turnê internacional de Wesley Safadão, que passou por quatro cidades dos Estados Unidos, funcionou tanto para fãs quanto para a divulgação do artista. "Fiquei surpreso e muito feliz em ver que meu trabalho tem chegado mais longe", declarou o cantor.

O cearense agradou os fãs brasileiros que vivem nos Estados Unidos com hits como "Camarote" e "Aquele 1%" (parceria com a dupla sertaneja Marcos & Belutti). Em Boston, cidade por onde iniciou a turnê de quatro shows, fãs chegaram a pagar até US$ 180 (R$ 700) para ver o ídolo.

Thamyres Pereira é uma delas. A mineira de Governador Valadares foi ao segundo show da turnê, na última sexta-feira (26), acompanhada pelo seu marido, Valerio Silva, que a introduziu ao artista. Ela conta que vive nos Estados Unidos desde 2007 e só foi conhecer o trabalho de Safadão por lá mesmo, há cerca de um ano.

"Deixei para comprar os ingressos de última hora e quase não consegui. Pagamos US$ 180 para ficar na área VIP", lembra a fã que vive em Peabody, cidade nos arredores da capital de Massachussetts. O investimento valeu a pena e a fã conseguiu um vídeo exclusivo no seu celular feito pelo próprio Safadão.

Segundo a produção do artista, os ingressos para a apresentação de Boston se esgotaram cerca de um mês antes da data agendada. Com o resultado, eles acabaram abrindo uma data extra na cidade, que recebeu os dois primeiros shows da turnê. Os ingressos também se esgotaram em Newark e no último show da turnê, em Atlanta, Wesley cantou diante de uma casa cheia.

"O Wesley Safadão é o artista do momento", conta Thamyres sobre as preferências da comunidade brasileira. Segundo a fã, no repertório do artista de forró também entraram funks "da minha época no Brasil" que o público cantou em coro.

A turnê nos EUA foi pensada desde o ano passado, quando o empresário de Safadão foi procurado por contratantes que promovem shows de brasileiros. A agenda foi ajustada para coincidir com o período de férias do cantor, que no Brasil tem feito mais de 20 shows por mês. Só em março, serão 21 shows em 11 Estados.

Ao todo, a turnê internacional mobilizou 30 pessoas incluindo músicos, produção e empresário. Uma equipe do programa Fantástico, da Globo, também acompanhou o cantor, que aproveitou a viagem para realizar o sonho de conhecer Nova York.

Depois do resultado da primeira experiência de cantar fora do Brasil, o ex-líder da banda Garota Safada confessa que já recebeu convites para voltar aos Estados Unidos e até mesmo para se apresentar na Europa. Mas ele ainda não tem nada fechado. "Estamos analisando com calma", explica.

O saldo, no entanto, é bastante positivo. "O carinho que recebi das pessoas lá, fazer shows descontraídos com a interação da galera foi muito gratificante", declara Safadão. E o sentimento dos fãs é recíproco. "Ele é bem humilde e carinhoso, e isso atrai as pessoas", conclui Thamyres depois de sua primeira experiência perto do ídolo.

 

Fonte: http://musica.uol.com.br/