Publicado em 14/03/2016 as 4:00pm

Rodrigo Santoro afirma que deve se casar com Mel Fronckowiak

Ator de Velho Chico aproveitou entrevista para abrir o jogo sobre a vida pessoal e a carreira

A próxima segunda-feira (14) tem tudo para ser mais do que especial para Rodrigo Santoro. Tudo porque esta é a data prevista para a estreia de Velho Chico, nova novela das 21h da Globo, que marca o retorno do ator para as telinhas, após cerca de 13 anos de afastamento.

Em recente entrevista para o jornal Extra, o galã deixou claro que, como todo artista, está bem ansioso com relação à estreia, principalmente pelo fato de estar voltando a trabalhar em sua terra natal, o Brasil, depois de passar um período apenas fazendo trabalhos nos Estados Unidos.

"Nada se compara a trabalhar em casa, falando o meu idioma. É uma experiência muito próxima ao coração. Ouvi muitas vezes que eu não iria voltar a fazer novela porque trabalhava com cinema no exterior. Nunca tive o menor preconceito com TV. A questão é que eu precisava encontrar uma oportunidade viável e que me estimulasse. Escutei muitos risos sarcásticos de quem duvidada. Mas estou numa novela das nove. E superfeliz! Trabalhando com paixão. Esse momento foi muito desejado", afirmou ele, também ressaltando que, ao contrário do que muita gente pode pensar, nunca deixou de morar em solo verde e amarelo.

"Meu endereço é no Leblon. Moro aqui. Em Los Angeles, eu tenho uma base para o meu trabalho fora. Mas eu estou sempre indo e voltando. Sou amigo dos comissários de bordo, conheço todos. Sou ligado a minha família e preciso estar próximo deles", declarou Santoro, que, aliás, vai dar vida ao personagem Afrânio, nos primeiros 24 capítulos do folhetim, antes de ser substituído por ninguém menos que Antônio Fagundes.

Assim que decidiu passar algum tempo no exterior, o ator chegou a gerar vários tipos de boatos e especulações e aproveitou o papo com a publicação para deixar claro que o dinheiro não foi o principal motivo de ter se despedido, de certa forma, do Brasil, por algum tempo.

"Grana nunca foi o principal. Não sou movido a dólar. O pedreiro constrói, o professor ensina e o ator conta histórias. É uma profissão como outra qualquer. Não tenho um olhar glamouroso sobre ela. Tenho o meu pé bem firme no chão. Se você não encara dessa forma, acaba se desvirtuando. Acho que esse meu jeito de pensar tem a ver com a maneira como fui criado pelos meus pais", falou ele, esbanjando seu já conhecido charme e simpatia.

Mesmo com uma vida profissional bem agitada, Rodrigo também cuida da vida pessoal, principalmente do relacionamento de aproximadamente três anos que mantém com a também atriz e apresentadora Mel Fronckowiak. O casamento, aliás, parece estar na mente do casal, porém sem nenhum plano concreto ainda.

"Eu vou vivendo o dia-a-dia. Não gosto de atropelar as coisas só pelos rótulos, isso não faz sentido para mim. Mas vai rolar", afirmou o galã, que, inclusive, deve retornar para Los Angeles após a novela, para retomar as gravações da série Westworld, projeto do qual faz parte e que ainda não tem data para começar a ser exibido na televisão americana.

Já Mel não economizou nos elogios para descrever o amado, e também deixou claro que eles não têm como foco, pelo menos no momento, os planos de casar e formar uma família.

"Ele é tudo isso o que as pessoas veem: um cara focado, dedicado ao trabalho e extremamente sensível. Eu o admiro muito. Na hora certa, vai acontecer. Nosso foco não é esse no momento. Por enquanto, a prioridade é conciliar as agendas para passarmos o máximo de tempo juntos", afirmou ela, na mesma entrevista dada por Santoro.

 

Fonte: http://www.ofuxico.com.br/