Publicado em 31/03/2016 as 3:56pm

Livros inspirados no jogo "Minecraft" viram febre no Brasil

Um jogo feito de pixels gigantes ?aqueles micro quadradinhos que compõem uma imagem na tela da TV ou do computador?, que causam um efeito visual bastante diferente dos games realistas mais modernos

Um jogo feito de pixels gigantes ?aqueles micro quadradinhos que compõem uma imagem na tela da TV ou do computador?, que causam um efeito visual bastante diferente dos games realistas mais modernos, sem um objetivo claro, apenas um universo aberto no qual o jogador pode construir de tudo e tem como única obrigação se manter vivo. Nele, quem tem o controle nas mãos é praticamente deus diante de um universo montável. Apesar da proposta distinta ?ou, quem sabe, justamente por isso?, "Minecraft", o game em questão, é um sucesso tremendo. Lançado em 2011 e disponível para diversas plataformas, já vendeu mais de 23 milhões de unidades apenas para computadores e possui mais de 100 milhões de jogadores registrados em sua base de dados. Outra prova do sucesso? Esta semana o jovem Pedro Afonso, 19, tornou-se o primeiro youtuber brasileiro com mais de 2 bilhões de visualizações nos vídeos de seu canal, o Rezendeevil, dedicado ao jogo. O garoto também lançou recentemente pela Suma das Letras seu primeiro livro, "Dois Mundos, Um Herói", inspirado justamente no universo proposto por "Minecraft". Publicações semelhantes, aliás, estão na moda no país. Há alguns meses que títulos nessa linha sempre aparecem em listas dos mais vendidos. Na relação do Publishnews, quem desponta no momento, por exemplo, é o próprio "Dois Mundos e um Herói" ?sexto colocado na lista geral? e "Diário de um Zumbi do Minecraft" ?sexto lugar dentre as obras infantojuvenis e 20º dentre as publicações gerais?, publicado pela Sextante, que já lançou cinco dos nove títulos da série que coloca mortos-vivos no universo quadriculado do jogo. Uma das primeiras a apostar no segmento foi a Galera, selo do Grupo Record, cuja trilogia "Uma Aventura Não Oficial de Minecraft", de Mark Cheverton, já vendeu mais de 160 mil exemplares, e que prepara uma nova série de três livros nesse universo escrita pelo mesmo autor. Caminho semelhante seguiu a Rocco, que trouxe ao país as "Crônicas de Elementia", que inicia uma trilogia assinada por Sean Fay Wolfe. Quem também está chegando às livrarias é "Herobrine: A Lenda", livro da dupla de youtubers Pac, 20, e Mike, 18, brasileiros cujo canal, TazerCraft, conta com mais de 5 milhões de seguidores. A obra foi concebida em parceria com o escritor Gustavo Magnani, outro jovem, este com 19 anos, recebeu ilustrações de Voxer e está sendo publicada pela Geração Editorial.

Fonte: UOL.COM.BR