Publicado em 17/05/2016 as 12:00pm

Grife de Beyoncé é acusada trabalho escravo

Marca avisou que vai aumentar vistoria em fábricas

Beyoncé viu seu nome envolvido em um escândalo nesta segunda-feira (16). A grife de roupas da cantora, chamada Ivy Park, está sendo acusada de promover o trabalho escravo.

Segundo o jornal "New York Times", um funcionário da empresa, que trabalha no Sri Lanka, denunciou a fábrica MAS Holdings. De acordo com o operário, costureiras da marca ganhar cerca de R$ 21,49.

Apesar de pagar quase mais que o dobro do valor de mercado, a grife se viu em maus lençóis já que um único maiô de sua coleção não é vendido por menos de R$ 490.

Em nota enviada para a imprensa britânica, os representantes da Ivy Park afirmaram que irão fiscalizar mais de perto as fábricas da marca na Ásia: "As nossas equipes em todo o mundo trabalham muito com os nossos fornecedores e fábricas para garantir a conformidade”.

Fonte: http://www.msn.com/