Publicado em 8/02/2017 as 4:00pm

Filme brasileiro inacabado concorre a financiamento no Festival de Miami

O Festival de Cinema de Miami apresentará na 34ª edição, que acontecerá entre 3 e 12 de março

Ao todo, quatro filmes latino-americanos em fase de pós-produção, incluindo um brasileiro, vão concorrer a um prêmio em dinheiro no próximo Festival de Cinema de Miami (Flórida).

O Festival de Cinema de Miami apresentará na 34ª edição, que acontecerá entre 3 e 12 de março, 131 produções entre longas-metragens, documentários e curtas de 40 países, sendo 22 estreias mundiais.

Os filmes escolhidos para participar do concurso Miami Encontros, do programa VeoMiami, são o brasileiro " Camocim ", de Quentin Delaroche; "Tigre", de Silvina Schnicer e Ulises Porra Guardiola; o boliviano "Eugenia", do diretor Martín Boulocq; e o mexicano "Los débiles", do diretor Raúl Rico.

"Estou muito honrado de apresentar quatro novos projetos, nenhum deles visto antes. Os quatro longas-metragens merecem destaque e representam o que está acontecendo na América Latina", afirmou, em comunicado, o brasileiro Sandro Fiorin, anfitrião do VeoMiami este ano.

Segundo ele, os filmes selecionados revelam um grande "frescor" e uma "reflexão sobre nosso tempo nos Estados Unidos e em outros lugares". O júri dará ao filme vencedor US$ 10 mil (cerca de R$ 31 mil) e o valor será para financiar a conclusão.

O evento será encerrado com a estreia internacional da comédia espanhola "Es por tu bien".

O programa de estreias mundiais inclui a produção de Emilio Estefan, "A Change of Heart", filmado em Miami; e o trabalho do uruguaio-argentino Adrián Caetano, "El otro hermano", protagonizado por Leonardo Sbaraglia e Daniel Hendler.

O evento será ainda a estreia mundial do filme "Billy Boy", o primeiro roteiro produzido pelo americano Blake Jenner, que tem como protagonista sua mulher, Melissa Benoist, de "Supergirl".

Cuba e Caribe também estão representados por "Give Me Future", uma obra que explora o revolucionário show, em 2015, em Havana da banda de música eletrônica EDM.

Fonte: Brazilian Times