Publicado em 29/06/2017 as 3:00pm

Thaila Ayala fala de vida nos EUA: 'Ninguém está lá para fazer amigos'

A atriz fala de projetos internacionais até o fim do ano, assim como participação em novela de Aguinaldo Silva.

Thaila Ayala está começando a colher os frutos profissionais após dois anos vivendo na ponte aérea entre Brasil e Estados Unidos. A atriz, que saiu do Brasil em 2015 para estudar atuação e inglês, é a estrela de “Pica-Pau – O Filme”, produção americana de animação gráfica e live-action que estreia em outubro.

Ela também se prepara para lançar dois outros longas-metragens em breve, ao lado de Megan Fox e James Franco.

Em entrevista ao Uol, a brasileira conta que descobriu uma Los Angeles bem diferente daquela que visitava de férias. “Se você pensar que 99,9% das pessoas que estão na cidade foram em busca do mesmo sonho, que é trabalhar na indústria como ator, cantor, diretor, mas só 1 ou 2% consegue chegar no topo trabalhando, então rola uma energia pesada de frustração, tristeza,depressão. Todos estão para business, ninguém está ali para fazer amigos”, contou ela.

Dificuldades

Com o clima competitivo e a dificuldade de emplacar na carreira, a atriz contou que não é difícil achar artistas trabalhando em subempregos. “O cara que te atende no bar é o cara que sonha a mesma coisa que você e não está feliz ali. Todos os ubers [motoristas doUber] que pego lá são artistas ou produtores. Então existe uma energia que está ali e é real”.

Com a concorrência apertada entre os próprios atores que falam inglês como língua nativa, Thaila acredita que é possível um ator brasileiro ou de qualquer outra nacionalidade conquistar o mesmo sucesso que um americano, mas precisa superar o sotaque.

“Se você não tiver sotaque nenhum, é possível. Mas, por exemplo, o Rodrigo Santoro tem sotaque, o Wagner Moura tem, a Alice Braga é a que menos tem, a Penélope Cruz tem 50 anos e tem sotaque. Os latinos acabam fazendo sempre personagens latinos por causa do sotaque. Uma vez que você é bom ator e não tem sotaque, você pode pegar o papel de um americano, mas é muito difícil perder 100%.”

Além de “Pica-Pau”, Thaila ainda tem outros projetos internacionais para até o final deste ano.“Vamos lançar ‘Zeroville’, que fiz em 2014 com o James Franco e Megan Fox. Vamos para o Festival Internacional de Veneza, na Itália, e depois tem estreia mundial. E também tem o 'The Pretenders', que deve sair até janeiro de 2018.”

Thaila ainda está escalada para a próxima novela de Aguinaldo Silva, “O Sétimo Guardião”. “Este ano lanço o filme ‘Coração de Caubói’, o ‘Talvez Uma História de Amor’ e ‘O Matador’ e tem a novela do Aguinaldo Silva, que ainda está longe, mas já falei que estou dentro. Voltar a fazer novela com ele vai ser uma honra.”

Fonte: noticiasaominuto.com.br