Publicado em 5/07/2017 as 4:00pm

Rock in Viena 2017

Este ano foi o terceiro Rock in Viena

Este ano foi o terceiro Rock in Viena, que foi organizado por uma agência austríaca. O evento durou quatro dias e aconteceu entre os dias 2 a 5 de Junho, contou com várias bandas e com músicas para todos os gostos, desde Hip hop, Rock ao Pop.

O evento deste ano também contou com um vasto público, especialmente no último dia do festival, encerrando a noite com a famosa banda punk alemã DIE TOTEN HOSEN que abalou o Donau Insel. O guitarrista Michael Breitkopf, conhecido entre os fãs como Breiti, três horas antes do show concedeu uma entrevista exclusiva ao jornal BrazilianTimes. Breiti viveu no Brasil por um tempo e fala o idioma português sem nenhum problema.

RIV, como é chamado o festival, teve início na sexta-feira, abrindo com o cantor de hip-hop austríaco APPLETREE fazendo um grande show e contagiando o público formado por jovens e adolescente amantes da música.

O BT também o entrevistou e durante a entrevista, ele contou como surgiu APPLETREE. O astro disse que tinha 12 anos de idade e era fissurado por hip-hop e colocou na cabeça que seria um cantor deste estilo musical. Com o tempo começou a se apresentar em festas e pequenos shows ao ar livre, em Viena, e com logo ficou conhecido entre outros grupos de hip-hop em Viena e ganhou o respeito pela força de vontade, dedicação e acima de tudo pelo seu profissionalismo e sempre com um lema a mente.

Mas, por incrível que pareça, o seu sucesso não começou na Áustria e sim na vizinha Alemanha, onde se tornou bastante conhecido da mídia e iniciou apresentações em vários clubes por todo o país. Emissoras de rádios começaram a tocar suas músicas, algumas emissoras de televisão o convidaram para entrevistas e a coisa foi só crescendo.

No momento APPLETREE está em Hamburgo – Alemanha - trabalhando em seu próximo álbum que será lançado em outubro 2017. Para quem não conhece o trabalho deste cantor, acesse o link.

Galera, o evento não ficou só por aí. Na mesma noite, o House of Pain subiu ao palco e enlouqueceu o público que o aguardava e entre várias de suas músicas o grupo tocou a famosa “Jump around”, que fez a plateia delirar.

Nos outros três dias teve uma mudança na música e plateia. No sábado, entre várias bandas, houve um grande destaque entre para a The Dead Daisies, que conta com ex-integrantes do White Snake & John Corabi, ex-Motle Crue, ex- Deep purple & White Snake Doug Aldrich, ex-Black Sabbath, Marco Monoza que também concedeu uma entrevista exclusiva ao BT e contou como a banda começou.

No último dia do Rock in Vienna foi o que mais lotou, com mais de duas mil pessoas esperando para ver suas bandas prediletas e os grandes high lights foram as bandas rock americana do estado Frederick Maryland, CLUTCH , formada no verão de 1991 com uma pitada de blues, tocaram várias de suas músicas entre elas a contagiante “Eletric worries” e como o Jean Paul “um Americano com raízes uruguaias” me disse durante a entrevista concedida a Brazilian Times, que o som do Clutch era uma mistura de rock, blues e quando tocaram “electric worries” na América do sul a galera cantava junto.

Fonte: Por Fabio H. Cesario