Chegou o Classificado do Brazilian Times. Divulgue ou busque produtos e serviços agora mesmo!

Acessar os Classificados

Publicado em 30/01/2019 as 11:30am

O “Rhythm Of The Spirits” de Sallaberry

O baterista e produtor musical Sallaberry tornou-se conhecido no cenário da música...

O baterista e produtor musical Sallaberry tornou-se conhecido no cenário da música instrumental brasileira por gravar seus discos autorais com música de qualidade e sempre muito bem acompanhado. Billy Cobham, Dennis Chambers, Airto Moreira, Robertinho Silva, Arismar do Espírito Santo, Derico Sciotti, Ed Côrtes, Marcos Romera e tantos outros de igual grandeza dividiram com o competente Sallaberry composições registradas em sete discos lançados e distribuídos mundialmente. Rica, densa e plural, a música de Sallaberry é também samba, bossa nova, baião e frevo - inclusive premiada em trabalhos lançados anteriormente, como os CDs Origem, Move Out e Rhythmist.

Com data de lançamento prevista para 5 de janeiro 2019, o irrequieto baterista apresenta o novíssimo ‘Rhythm Of The Spirits’, o oitavo disco de uma carreira solo de quinze anos. Residente nos Estados Unidos desde 2014, Sallaberry revigora sua relação com a música brasileira a cada novo disco lançado, e com ‘Rhythm Of The Spirits’ não foi diferente. Friends (Michel Freidenson/ Sallaberry), Olha O Rapa! (Marcos Romera/ Sallaberry), Baião de Dois (Sandro Haick/ Sallaberry), Voices (Fúlvio Oliveira/ Sallaberry), Missing Brazil (Flávio Medeiros/ Sallaberry) e Sun And Sea (Fúlvio Oliveira/ Sallaberry), são faixas que remetem ao melhor da música brasileira, gravadas no período de janeiro à agosto de 2018.

Para viabilizar a participação de músicos brasileiros, foi utilizado mais uma vez o recurso E-REC, que segundo Sallaberry ‘possibilita que meus convidados residentes no Brasil e em outros países, gravem e me enviem seus arranjos via internet’, conclui o baterista.

Se a música brasileira é predominante em ‘Rhythm Of The Spirits’, influências da música africana também são evidentes em faixas como ‘Rhythm Of The Spirits’ (Derico Sciotti/ Sallaberry), Drums From África (Ed Côrtes/Sallaberry), Senzala (Marco Bosco/ Sallaberry) e Invocation (Jorge Pescara/ Sallaberry).

As belíssimas Winds From The East, Voices e Before The Rain, parcerias com o virtuoso guitarrista Fúlvio Oliveira, enriquecem o repertório de ‘Rhythm Of The Spirits´. Segundo Sallaberry, ´são influências do guitarrista Pat Metheny, assim como 4Dennis (Fernando Moura/Sallaberry), é dedicada ao meu velho amigo Dennis Chambers´.
Participam de ‘Rhythm Of The Spirits’ os músicos Augusto Mattoso, Claudio Rocha, Chico Martins, Chico Willcox, Derico Sciotti, Ed Côrtes, Fernando Molinari, Fernando Moura, Flávio Franco Araújo, Flávio Lira, Flávio Medeiros, Fúlvio Oliveira, Jorge Pescara, Marcos Romera, Marco Bosco, Maurício Marques, Mayra Mello, Michel Freidenson, Tarcísio Édson César e Sandro Haick.

A mixagem ficou por conta do tarimbadíssimo Guilherme Canaes (George Benson/Ivan Lins), que também assina a produção, e a masterização, de primeira qualidade, de Cassio Centurion. Para encerrar, uma das boas surpresas é poder desfrutar de uma viagem em áudio 3D em ‘Rhythm Of The Spirits II’, recurso que vem sendo apontado como a nova tendência para se ouvir música. ‘Rhythm Of The Spirits’, o CD, proporciona ao ouvinte a uma viagem musical quase que espiritual, cheio ritmos e boas surpresas, indispensável aos ouvintes que apreciam a boa música – produto raro nos dias de hoje.
Sallaberry utiliza com exclusividade as baterias Pearl, pratos Zildjian, baquetas Vic
Firth, peles Evans, calçados Urbann Boards, instrumentos Contemporânea e cajons FSA.

Fonte: Redação - Brazilian Times