Publicado em 15/02/2008 as 12:00am

Após cirurgia, médico afirma: 'agora depende do Ronaldo'

Agora é com Ronaldo. Depois de auxiliar Eric Rolland por duas horas na cirurgia no joelho esquerdo do atacante do Milan, no hospital La Pitié Salpetriére, em Paris, nesta quinta-feira, o médico Gerard Saillant passou a responsabilidade da recuperação para

 Agora é com Ronaldo. Depois de auxiliar Eric Rolland por duas horas na cirurgia no joelho esquerdo do atacante do Milan, no hospital La Pitié Salpetriére, em Paris, nesta quinta-feira, o médico Gerard Saillant passou a responsabilidade da recuperação para o lado psicológico do craque.
"Tudo correu muito bem e ele precisará de um período de recuperação de nove meses. Se ele poderá voltar a jogar? Depende apenas dele", comentou o médico francês, que já havia operado Ronaldo em outra oportunidade e nesta quinta apenas auxiliou o seu sucessor, Eric Rolland, em Paris.

O pentacampeão do mundo rompeu o tendão patelar na última quarta-feira, no empate por 1 a 1 entre Milan e Livorno, válido pelo Campeonato Italiano. Esse é o terceiro grave problema que Ronaldo tem no joelho. Os outros dois, no direito, aconteceram no final de 1999 e em abril de 2000, no seu retorno.

Segundo informa a Gazzetta dello Sport, a comissão médica responsável pela intervenção cirúrgica no craque do Milan disse que o processo de recuperação deve durar aproximadamente nove meses, conforme previsões anteriores.

Estiveram junto com Ronaldo no hospital em Paris o ex-lateral-esquerdo e atual dirigente do Milan Leonardo, sua namorada Maria Beatrix, seu fisioterapeuta particular Bruno Mazziotti e o médico Massimiliano Sala. O atacante deve passar mais alguns dias na França e deverá receber alguns familiares para apoiá-lo.

Ainda não está definido o local onde Ronaldo fará sua recuperação. No Brasil, Flamengo e São Paulo colocaram à disposição as suas estruturas. O dirigente do Milan Leonardo, no entanto, disse que o Milan dará total apoio ao jogador e não quis comentar sobre a sugestão dos brasileiros, informou a ESPN Brasil.

Fonte: (uol.com.br)