Publicado em 26/02/2008 as 12:00am

Pior no Paulista desde 2001, Palmeiras desvia foco à Copa do Brasil

Badalado nesse início de temporada, o Palmeiras do técnico Vanderlei Luxemburgo tem decepcionado sua torcida no Campeonato Paulista.

Badalado nesse início de temporada, o Palmeiras do técnico Vanderlei Luxemburgo tem decepcionado sua torcida no Campeonato Paulista. Em 11 partidas, conquistou 16 pontos, um aproveitamento de 48,4% - o pior desde 2001 no Estadual.
Entretanto, uma reação só pode acontecer a partir do final de semana, quando acontece o clássico contra o Corinthians. Antes, o clube alviverde vai a Campo Grande efrentar o CENE, nesta quarta-feira, às 21h45, na estréia da Copa do Brasil.

"Primeiro o CENE, depois o Corinthians", frisou Valdivia.

Luxemburgo relacionou os principais jogadores do elenco para o compromisso no Mato Grosso do Sul, inclusive o atacante Kléber, última contratação desse começo de ano e único a não ter debutado com a camisa alviverde.

O treinador não falou em poupar os titulares neste meio de semana para o duelo de domingo contra o arqui-rival.

"Quem poupa é o Vanderlei. Quem decide é ele. Cansado eu estou, mas sempre quero jogar, e a vontade de jogar faz eu esquecer o cansaço", discursou o camisa 10. "Se o Vanderlei precisar de mim, estou aí".

Antes do embarque para a região Centro-oeste do Brasil, Valdivia não escapou das perguntas sobre o Corinthians, após treino realizado na Academia de Futebol da Barra Funda, na tarde da segunda-feira.

O chileno descartou que o conjunto de Mano Menezes seja o favorito para o clássico. "O Corinthians está bem, pode até chegar melhor, mas a gente tem confiança e jogadores experientes. Favorito não sei, não existe favorito em clássico", opinou.

O Palmeiras volta a atuar em Campo Grande após 12 anos. A última vez que a equipe paulista pisou no estádio Morenão, palco do jogo desta quarta, foi pelo Campeonato Brasileiro de 1996, no empate por 0 a 0 contra o Botafogo. Coincidentemente, era Vanderlei Luxemburgo o treinador. O goleiro Marcos também era titular na ocasião.

*Em 2003, o Palmeiras jogou apenas nove partidas no Paulistão - seis na primeira fase e três no mata-mata.

Fonte: (uol.com.br)