Publicado em 27/07/2008 as 12:00am

Galo vence em casa e sobe quatro posições na tabela

Além de fazer o dever de casa, time de Alexandre Gallo foi muito beneficiado pelos resultados da 15ª rodada do Brasileirão

O Atlético não desperdiçou a vantagem de jogar em casa e mesmo sem apresentar um grande futebol derrotou o Vitória neste domingo, por 2 a 1, no Mineirão, pela 15ª rodada do Campeonato. O gols foram marcados por Marques e Gedeon. Rodrigão descontou para os visitantes. Com o resultado, o time de Alexandre Gallo terá dias mais tranqüilos, já que chegou aos 18 pontos e subiu para o 13º lugar, deixando para trás a zona de rebaixamento.

Além de cumprir o dever de casa, o Atlético também foi muito beneficiado pelos resultados da rodada. No sábado, o Fluminense foi derrotado pelo Cruzeiro por 3 a 1 e estacionou nos 13 pontos. Já neste domingo o Goiás perdeu para o Sport em casa, permanecendo com 17. O tropeço do Vasco diante do Santos e da Portuguesa contra o São Paulo, além do empate entre Atlético-PR e Figueirense também foram decisivos para o 'pulo do Galo' na tabela.

Na próxima quinta-feira o Alvinegro enfrenta o Vasco em São Januário, em busca do segundo triunfo consecutivo - algo que ainda não aconteceu na competição. Já o Vitória terá outro Atlético pela frente, dessa vez o Paranaense, na quarta, em Salvador.

O jogo

Precisando desesperadamente da vitória para deixar a zona do rebaixamento, o Atlético tomou a iniciativa nos minutos iniciais, pressionando o Rubro-Negro baiano. Logo aos 2 minutos, Petkovic pegou forte de fora da área, assustando o goleiro Viáfara, que defendeu em dois tempos.

Aos 3, Mariano avançou pela direita e tocou para Marques. O atacante cruzou rasteiro e Viáfara não conseguiu alcançar a bola, mas nenhum atleticano apareceu para finalizar. Oito minutos depois, o zagueiro Marcos apareceu como homem surpresa pelo lado direito do ataque e cruzou rasteiro. Atento, o volante Renan mandou para escanteio antes que a bola chegasse para Marques.

O Atlético chegava com relativa facilidade à intermediária do Vitória, mas com a pouca eficiência do setor ofensivo, levava pouco perigo.

O primeiro bom momento do Vitória aconteceu apenas aos 22 minutos. Marquinhos aproveitou falha de Mariano, invadiu a área pela esquerda e finalizou prensado pela defesa. Após a cobrança do escanteio, a bola sobrou para o centroavante Rodrigão, que chutou por cima.

Aos 28, novamente Marquinhos levou muito perigo. O rápido atacante foi lançado pela direita e bateu forte. A bola resvalou num zagueiro atleticano e quase enganou o goleiro Edson.

O Galo voltou a levar perigo aos 33. Num rápido contra-ataque, Petkovic tocou para Serginho que acionou Eduardo pela esquerda. O atacante cruzou rasteiro e a zaga rubro-negra mandou para escanteio.

Outra boa chance do Atlético no primeiro tempo aconteceu aos 37 minutos. O meia Petkovic driblou Renan e bateu cruzado da entrada da área. A bola passou rente à trave direita de Viáfara. Dois minutos depois Serginho chegou à linha de fundo e bateu para o gol. A bola beliscou a trave antes de sair.

Aos 43, alívio para os poucos torcedores que compareceram ao Mineirão. Petkovic fez lindo lançamento para Mariano, que avançou pela direita e cruzou para Marques. A bola ainda desviou na defesa baiana antes de chegar para o camisa 9, que mandou para as redes quase em cima da linha.


Galo criou boas chances no segundo tempo
Segundo tempo

Quem esperava uma etapa final de muito sofrimento para o Alvinegro se enganou. Com o estreante Jael no lugar de Eduardo, o Galo continuou em cima dos visitantes. Aos nove minutos, Mariano fez boa jogada pela direita e cruzou na medida para Gedeon, que com um toque sutil de cabeça tirou do alcance de Viáfara e marcou o segundo.

Aos 13, os visitantes tiveram uma ótima oportunidade para descontar. Rodrigão foi lançado pela direita e, sozinho, tentou encobrir Edson. A bola saiu fraca e o camisa 20 não teve trabalho para fazer a defesa. 

Em menos de dois minutos o Galo perdeu duas chances preciosas de selar definitivamente a sorte do confronto. Aos 27, Gedeon acertou uma bomba de fora da área. A bola explodiu na trave e sobrou limpa para Jael que chutou para fora. Dois minutos depois Petkovic fez ótima jogada pela esquerda e bateu colocado. A bola passou muito perto da trave esquerda do goleiro colombiano do Vitória. 

Em lances esporádicos o Rubro-Negro levava algum perigo. E foi justamente assim que Rodrigão descontou, aproveitando de cabeça um rebote do goleiro Edson após finalização de Marquinhos. Após o gol, Rodrigão ainda levou perigo em outros lances, mas o Galo soube segurar o placar e saiu de campo com uma importante vitória.

Fonte: (Superesportes)