Publicado em 9/08/2008 as 12:00am

OLIMPÍADAS 2008 - Phelps inicia busca por ouros e por feito histórico em Pequim

Neste sábado, o norte-americano Michael Phelps pode dar o seu primeiro passo para entrar definitivamente na história como o maior vencedor olímpico de todos os tempos.

Neste sábado, o norte-americano Michael Phelps pode dar o seu primeiro passo para entrar definitivamente na história como o maior vencedor olímpico de todos os tempos. O nadador disputa nesta noite, às 23h (de Brasília), a final dos 400 m medley, sua primeira nos Jogos de Pequim-2008.

Na piscina, estará também o brasileiro Thiago Pereira, atual campeão pan-americano da distância.

Nas eliminatórias, Phelps confirmou seu favoritismo. Com o tempo de 4min07s82, ele bateu o seu próprio recorde olímpico e, mesmo longe de sua melhor marca (4min05s25), não foi ameaçado pelos adversários.

O húngaro Laszlo Cseh, que há quatro anos foi derrotado pelo norte-americano e ficou com o bronze na distância, foi o segundo melhor na fase classificatória, com 4min09s26. Thiago marcou 4min11s74 e se classificou para a decisão com o pior tempo entre os oito finalistas.

Phelps irá participar em Pequim de oito provas. Assim, ele pode superar as sete medalhas de ouro alcançadas por outro nadador norte-americano, Mark Spitz, em Munique-1972, até hoje melhor desempenho de um atleta em uma única edição dos Jogos.

O polivalente astro da modalidade tem pela frente a possibilidade de um outro recorde, este menos difícil de ser alcançado. Se deixar a China com quatro medalhas douradas, ele já terá se transformado no atleta olímpico com o maior número de triunfos na história, independentemente do número de edições disputadas.

Atualmente, a marca é dividida entre Spitz, dois ex-vencedores do atletismo (o norte-americano Carl Lewis e o finlandês Paavo Nurmi) e uma ex-ginasta (a soviética Larissa Latynina), que possuem nove ouros.

Há quatro anos, Phelps viajou para a Olimpíada de Atenas-2004 almejando alcançar o recorde de ouros, mas falhou ao não vencer os 200 m livre e o revezamento 4 x 100 m livre. Ele deixou a Grécia com seis títulos e duas medalhas de bronze.

Além dos 400 m medley para homens, a piscina do Cubo d'Água verá na noite deste sábado as finais femininas dos 400 m medley e do revezamento 4 x 100 m livre, além das semifinais masculinas dos 100 m peito e dos 400 m livre.

A disputa por uma vaga na decisão para mulheres dos 100 m borboleta completa o programa. A prova contará com a participação da brasileira Gabriella Silva, quinta melhor das eliminatórias.

Fonte: (Folha Online)