Publicado em 16/09/2008 as 12:00am

Desempenho no returno compromete sonho do título para o Cruzeiro

Cruzeiro tem apenas a 15ª campanha na segunda metade do Campeonato Brasileiro. Rivais agradecem o fraco desempenho

A derrota de domingo, diante do Palmeiras, em pleno Mineirão, não alterou a distância do Cruzeiro para o líder, Grêmio, na tabela do Campeonato Brasileiro – são seis pontos a favor dos gaúchos. Apesar disso, o novo tropeço acendeu, definitivamente, o sinal de alerta na equipe de Adílson Batista. Levando-se em conta apenas o segundo turno do Nacional, o Cruzeiro ocupa a modestíssima 15ª colocação, atrás de equipes que lutam contra o rebaixamento à Série B, como Ipatinga, Vasco e Náutico.

Nas seis partidas disputadas até o momento no returno, o time celeste conquistou apenas sete pontos, com duas vitórias (Vitória e Vasco), um empate (Coritiba) e três derrotas (Botafogo, Santos e Palmeiras), o que representa um aproveitamento de 39% dos pontos disputados. O líder do returno é o surpreendente Goiás, com 13 pontos.

Assim como o Goiás, dois concorrentes diretos ao título também estão fazendo bonito na segunda metade do Brasileirão. O Palmeiras ocupa a vice-liderança, com 12 pontos, e o Botafogo é o quinto colocado, com 11. Primeiro colocado na classificação geral, o Grêmio também passa por dificuldades. A equipe de Celso Roth tem campanha bastante parecida à do Cruzeiro, ocupando o 10º lugar, com 8 pontos conquistados – duas vitórias, dois empates e duas derrotas.

O desempenho celeste preocupa ainda mais se comparado ao primeiro turno. Após as seis rodadas iniciais do Nacional, o Cruzeiro ocupava o terceiro lugar na classificação, com 13 pontos ganhos. Naquela época, o clube havia obtido quatro vitórias (Vitória, Botafogo, Santos e Vasco), um empate (Coritiba) e apenas uma derrota (Palmeiras).

Para melhorar o desempenho no returno e permanecer vivo na briga pelo título, o Cruzeiro terá que buscar a reabilitação longe de seu torcedor. Os dois próximos confrontos do time da Toca no Nacional acontecem fora de casa, contra o Figueirense, no próximo domingo, em Florianópolis, e São Paulo, dia 29, no Morumbi.

Fonte: (Superesportes)