Publicado em 9/03/2009 as 12:00am

Nova façanha do Fenômeno repercute mundialmente

Depois de passar um ano e dois meses sem balançar as redes, o atacante Ronaldo voltou a marcar um gol domingo

Depois de passar um ano e dois meses sem balançar as redes, o atacante Ronaldo voltou a marcar um gol domingo, ao empatar o clássico entre Corinthians e Palmeiras e selar seu retorno definitivo aos campos após passar a temporada 2008 em recuperação de uma cirurgia no joelho.

Eleito pela Fifa três vezes como o melhor jogador do mundo e maior artilheiro da história das Copas, com 15 gols, Ronaldo transformou o gol marcado no dérbi paulista em manchete mundial.

Enquanto no domingo as edições eletrônicas dos jornais Gazzetta dello Sport, Tuttosport (Itália), Marca e Mundo Desportivo (Espanha), já exaltavam a nova volta por cima do Fenômeno, nesta segunda-feira o feito atingiu outros centros.

Na própria Itália, país em que Ronaldo viveu por muito tempo defendendo as camisas de Internazionale e Milan, outro grande veículo esportivo, o Corriere dello Sport, também não deixou passar em branco o primeiro gol do atacante com a camisa do Corinthians.

"A surpresa: Ronaldo volta a ser Fenômeno" é a manchete do site do periódico, que traz uma foto de Ronaldo sendo cumprimentado por Dentinho após empatar o clássico em Presidente Prudente. Em dois links junto à matéria principal, o site também mostra as imagens do gol e do chute do atacante que carimbou o travessão do goleiro Bruno, momentos antes de empatar a partida.

Em Portugal, o Diário Iol estampou em letras garrafais: "Brasil: 14 meses depois, Ronaldo voltou aos gols". A reportagem relata que o jogador segue longe de sua forma física ideal e cita ainda a inusitada queda do alambrado do estádio durante a comemoração exagerada do jogador.

Também em Portugal, o diário A Bola deixou de lado os quilos extras do nove corintiano. "Aos 32 anos, Ronaldo está de volta aos grandes momentos", estampou o diário.

Na França, o L'Equipe foi curto e grosso ao exaltar o reencontro de Ronaldo com o gol: "Ronaldo é decisivo", cravou o diário, que também citou na reportagem o incidente com o alambrado do Prudentão.

A única mídia a destoar dos elogios ao Fenômeno foi a argentina. Rivais históricos do futebol brasileiro e acostumados a sofrer com os gols de Ronaldo com a camisa da seleção brasileira, os hermanos preferiram ironizar o jogador na manchete do diário Olé: "Coloca o Gordito".

Na reportagem, os argentinos citam que o peso real de Ronaldo segue sendo tratado como 'segredo de estado' e deixam no ar a possibilidade de o alambrado ter quebrado justamente pela forma física do centroavante, que se pendurou nele na hora de comemorar seu gol.
 

Fonte: (Superesportes)