Publicado em 14/09/2009 as 12:00am

Após vitória em Monza, Rubens Barrichello tem futuro incerto

Rubinho, assim como Jenson Button, não tem permanência confirmada


Apesar de ter vencido duas das três últimas corridas, o futuro do brasileiro Rubens Barrichello está indefinido na Fórmula 1. Após o GP de Monza, no último domingo, quando a Brawn fez uma dobradinha no pódio, os chefes não comentaram o desempenho do piloto de 37 anos e evitaram falar sobre renovação de contrato. O executivo Nick Fry se limitou a comunicar que Rubinho, assim como o companheiro Jenson Button, ainda não tem sua permanência confirmada.

- Vamos ver. Estamos concentrados em cada corrida, e os dois estão fazendo um trabalho brilhante. Vamos deixar essa decisão de lado por agora - disse ele.

O dono da escuderia, Ross Brawn, ressaltou que não existe motivo para pensar em uma dupla diferente para o Mundial de 2010. Porém, segundo ele, nada está decidido para o ano que vem. Os pilotos da equipe são os atuais líderes do Campeonato Mundial de F-1 e têm reais chances do título. Com quatro corridas pendentes para o fim da temporada, 14 pontos separam Jenson Button de Rubens Barrichello, com 80 e 66, respectivamente.

Se a Brawn resolver mudar a estratégia e contratar novos pilotos, alguns nomes já são cogitados, como o do alemão Nico Rosberg. Apagado na Ferrari, Kimi Räikkönen tem sua permanência incerta na escuderia. Robert Kubica e Nick Heidfeld, desempregados com a saída da BMW, são outras opções.

Fonte: (G1)