Publicado em 19/10/2009 as 12:00am

Joel Santana é demitido da seleção da África do Sul

Brasileiro não resiste à sequência de resultados negativos


O técnico Joel Santana foi demitido nesta segunda-feira do comando da seleção da África do Sul. As informações são dos repórteres Renato Ribeiro e Rafael Pirrho.

Joel não resistiu às oito derrotas nos últimos nove jogos e deixou a seleção após um ano e meio no cargo.


O auxiliar-técnico Jairo Leal permanece no cargo, um indício de que Carlos Alberto Parreira, que foi técnico da África do Sul antes de Joel, pode voltar ao cargo.

A Federação sul-africana, no entanto, ainda não se pronunciou sobre o substituto de Joel. O técnico ainda não foi encontrado para falar sobre a demissão.

Há pouco menos de 15 dias, a Associação de Futebol da África do Sul (Safa) anunciou que uma comissão formada por três treinadores do país, sendo dois deles ex-comandantes dos Bafana Bafana, para analisar o trabalho de Natalino.

Na semana passada, a entidade divulgou uma nota oficial pedindo que as especulações sobre uma possível demissão de Joel parassem. No mesmo comunicado, os dirigentes pediam paciência aos torcedores e imprensa. Paciência que a entidade acabou não tendo.

Joel Santana, que completará 61 anos em dezembro, assumiu a seleção sul-africana em abril de 2008 no lugar de Carlos Alberto Parreira. Em jogos oficiais, o técnico comandou os Bafana Bafana em dez partidas, com três vitórias, dois empates e cinco derrotas.

Seu pior momento, além das últimas nove derrotas nos últimos dez compromissos (incluindo amistosos e jogos da Copa das Confederações), foi nas eliminatórias para Copa Africana de Nações de 2010, em Angola. A África do Sul foi eliminada no Grupo 4, que também servia como classificação para etapa seguinte das eliminatórias para Copa (como anfitriã, a África do Sul já está garantida no Mundial.

Fonte: (G1)