Publicado em 25/01/2010 as 12:00am

Cabañas leva tiro na cabeça no México

Carrasco de brasileiros, atacante do América foi baleado em um bar. Esposa diz que jogador foi vítima de tentativa de assalto


O atacante Salvador Cabañas, do América do México, levou um tiro na cabeça na madrugada de domingo para esta segunda-feira. Segundo o presidente do clube, Michel Bauer, o paraguaio foi vítima de uma tentativa de assalto em um bar na Cidade do México. Mas a Procuradoria Geral de Justiça negou a possibilidade, pois nenhum pertence do atleta foi levado.

De acordo com a imprensa local, o estado do carrasco de Flamengo e Santos na Libertadores de 2008 é grave. Mas Bauer tentou tranquilizar a torcida e os familiares do paraguaio.

- Ele chegou consciente ao hospital, respondeu bem às perguntas que fizeram. Mas não podemos especular absolutamente nada agora.

O dirigente afirmou que Cabañas estava acompanhado da esposa, María Alonso Mena, e de alguns amigos no “Bar Bar”. Segundo ela, o marido foi baleado quando entrava no banheiro, após uma tentativa de assalto, por volta das 5h30m (horário local).

- Quiseram assaltá-lo, foi o que confirmou sua esposa. Não foi nenhuma briga, nenhuma confusão - afirmou Bauer.

Miguel Ángel Mancera, procurador geral de justiça da Cidade do México, disse que duas pessoas já foram presas como suspeitas do crime.

- Seu estado de saúde é muito delicado. Ele está na unidade de terapia intensiva do hospital - informou Mancera.

Cabañas é o principal jogador da seleção paraguaia, que se classificou para a Copa do Mundo e caiu no Grupo F, ao lado de Itália, Nova Zelândia e Eslováquia. A estreia será em 14 de junho contra a Azzurra. O atacante estava no grupo que defendeu o Paraguai na Copa de 2006.

Aos 29 anos, Cabañas tem no currículo a artilharia da Libertadores em 2007 e 2008, quando ficou famoso no Brasil por ter ajudado o América a eliminar Flamengo e Santos com gols decisivos.

Mas, recentemente o jogador virou vilão no time mexicano: perdeu um pênalti contra o Monterrey e viu o América ficar sem a vaga na Libertadores deste ano. Segundo a imprensa europeia, Cabañas estava perto de se transferir para o Sunderland, 13º colocado no Campeonato Inglês.

Confusão após jogo no sábado


No sábado, Cabañas foi vítima  de outra agressão. Menos grave, mas que poderá gerar problemas no futebol mexicano. Após a derrota de 2 a 0 do América para o Morelia, um torcedor atirou uma pedra de gelo no paraguaio.

Os torcedores do Morelia, que jogava em casa, seguraram o responsável pela agressão e o entregaram à polícia, com medo de o estádio do clube ser fechado por causa da confusão.

Fonte: (G1)