Publicado em 24/05/2010 as 12:00am

Fã do Brasil, McCarthy diz: 'Vocês serão campeões'

Em entrevista, artilheiro sul-africano avisa que vai ligar para Robinho e perguntar por Ronaldinho e Adriano


Benni McCarthy tem a barriguinha de Ronaldo. É polêmico como Romário. Sorridente como Ronaldinho. Irreverente como Robinho. Benni McCarthy é sul-africano, mas até parece brasileiro.

Sem marra ou firulas, o atacante aceitou o convite para um bate-papo após o treino da África do Sul. Ajeitou-se na arquibancada, abriu um sorriso e desandou a elogiar o Brasil. Tudo em ótimo português - com sotaque lusitano - aprendido nos tempos em que brilhou no Porto e foi campeão europeu.

Maior artilheiro da história da África do Sul, ele se garantiu na Copa, apesar dos quilinhos a mais, falou sobre seus amigos brasileiros, se disse "confuso" com as ausências de Ronaldinho e Adriano da Copa, mas cravou: 'Vocês vão ser campeões do mundo outra vez'.

GLOBOESPORTE.COM: Quem são seus amigos brasileiros no futebol?

Benni McCarthy:  Tenho um bom par de amigos brasileiros. Dos tempos de Porto tem o Carlos Alberto, o Diego, o Pepe, o Anderson, o Deco… Depois fiquei amigo do Ronaldinho (Gaúcho), porque ele e o Deco estavam sempre juntos… Tem o Robinho também, que conheci quando ele jogava no Manchester City. Estamos sempre em contato. Depois que Robinho se mudou para o Santos ficou um pouco mais difícil, a última vez que a gente se falou tem um mês e meio. Mas tenho o número dele, vou ligar quando ele chegar aqui na África do Sul…

Pausa na entrevista. O assessor de imprensa da África do Sul interrompe para dizer que McCarthy não poderia falar fora das datas previstas.

- Não tem problema, estamos aqui só conversando sobre meus amigos brasileiros… - devolveu o atacante, simpático, cumprimentando o assessor com um soco leve de mãos.

GE: E o que você espera do Brasil nesta Copa?

BM: Olha, rapaz, pra mim vocês vão ser campeões do mundo outra vez. Torço por isso. Vai ser interessante com a Espanha aí jogando muito bem também. Mas fiquei confuso: como Adriano e Ronaldinho (Gaúcho) não foram convocados?

GE: Você os traria para a Copa?

BM: Mas é claro. A segunda metade de campeonato italiano que o Ronaldinho fez foi fantástica. Ele e Adriano dariam mais força ao time, são jogadores que fazem o adversário tremer. Todos os conhecem e os respeitam. Sem eles ficou mais complicado para o Brasil, mas mesmo assim acho que vocês ganham. Tem o Robinho e o Luis Fabiano que são muito bons também.

GE: E a África do Sul não tem chance de título?

BM: Chance temos, mas a gente sabe que é difícil. Essa será só a terceira Copa que a África do Sul vai participar… Mas vamos lutar por uma grande campanha, sem dúvida.

GE: Você tem um estilo parecido com o de muitos jogadores brasileiros. Identifica-se com o Brasil?

BM: Muito, tenho grande admiração pelo Brasil. O Brasil tem gente alegre, divertida e mostra isso também em campo. É tudo o que gostamos de ver no futebol. E tem muitas semelhanças com a gente aqui da África também. Torço pelo Brasil porque além de tudo é um país de terceiro mundo, como nós. E é sempre bom quando um time do terceiro mundo ganha a Copa.

GE: A imprensa deu grande destaque à sua forma física na semana passada e Parreira disse que sua permanência depende do seu esforço. Você se garante na Copa?

BM: Sim, vou jogar a Copa, tenho certeza disso. Estou trabalhando muito forte para chegar no dia 11 de junho e entrar em campo contra o México. Vou fazer de tudo pra chegar lá.

GE: Obrigado pela entrevista, Benni.

BM: Valeu, malandro.

Fonte: (G1)

Top News