Publicado em 1/07/2011 as 12:00am

Palmeiras bate o Atlético-GO e mantém invencibilidade no Canindé

O Canindé continua sendo o lugar em que o palmeirense mais gosta de assistir aos jogos do seu time. Nesta quinta-feira, o Palmeiras venceu o Atlético-GO por 2 a 0, com gols de Maikon Leite e Marcos Assunção, manteve a invencibilidade de sete jogos no loca

O Canindé continua sendo o lugar em que o palmeirense mais gosta de assistir aos jogos do seu time. Nesta quinta-feira, o Palmeiras venceu o Atlético-GO por 2 a 0, com gols de Maikon Leite e Marcos Assunção, manteve a invencibilidade de sete jogos no local e voltou ao G4. Com 14 pontos, o time ocupa agora a 3ª colocação do Brasileirão, atrás de Corinthians e São Paulo. O Atlético-GO segue em 15º, com sete pontos.

O triunfo que recolocou o time de Felipão entre os melhores foi construído inteiramente na etapa inicial. O domínio da bola foi quase que completamente da equipe paulista, mas os gols demoraram a sair. O primeiro veio aos 27 minutos, com o estreante Maikon Leite, que aproveitou passe de Márcio Araújo para sair comemorando. Seis minutos depois, Marcos Assunção converteu pênalti sofrido por Gabriel

Na etapa final, o Palmeiras apenas administrava a vantagem e trabalhava mais na base das bolas paradas e contra-ataques do que em propriamente aumentar o placar. Marcos fez uma boa defesa, mas o Canindé seguiu como o lugar em que o Palmeiras não sofreu um gol em 2011.

Fora de campo, o jogo também ficou marcado pela ausência de Kleber, que não superou as dores na coxa, assistiu ao jogo dos camarotes, e manteve a esperança dos flamenguistas em contar com seu futebol. Ele ainda foi flagrado alheio ao jogo bem na hora em que Maikon Leite abriu o placar e se irritou.

Agora, o Palmeiras enfrenta o América-MG na próxima quinta-feira, às 21h, em Sete Lagoas. O Atlético-GO vai até o Rio de Janeiro para enfrentar o Botafogo, às 19h30 também da quinta-feira.

O triunfo que recolocou o time de Felipão entre os melhores foi construído inteiramente na etapa inicial. O domínio da bola foi quase que completamente da equipe paulista, mas os gols demoraram a sair. O primeiro veio aos 27 minutos, com o estreante Maikon Leite, que aproveitou passe de Márcio Araújo para sair comemorando. Seis minutos depois, Marcos Assunção converteu pênalti sofrido por Gabriel

Na etapa final, o Palmeiras apenas administrava a vantagem e trabalhava mais na base das bolas paradas e contra-ataques do que em propriamente aumentar o placar. Marcos fez uma boa defesa, mas o Canindé seguiu como o lugar em que o Palmeiras não sofreu um gol em 2011.

Fora de campo, o jogo também ficou marcado pela ausência de Kleber, que não superou as dores na coxa, assistiu ao jogo dos camarotes, e manteve a esperança dos flamenguistas em contar com seu futebol. Ele ainda foi flagrado alheio ao jogo bem na hora em que Maikon Leite abriu o placar e se irritou.

Agora, o Palmeiras enfrenta o América-MG na próxima quinta-feira, às 21h, em Sete Lagoas. O Atlético-GO vai até o Rio de Janeiro para enfrentar o Botafogo, às 19h30 também da quinta-feira.

Fonte: ultimosegundo.com.br