Publicado em 19/07/2011 as 12:00am

Inter deixa Dunga de lado, adota plano B e se aproxima de Cuca

Depois de mirar em Dunga, o Internacional está cada vez mais perto de Cuca. O ex-técnico do Botafogo e do Cruzeiro foi contatado no final desta segunda-feira. Seu nome ganhou força entre os dirigentes. Mas do lado do profissional, compasso de espera. No B

Depois de mirar em Dunga, o Internacional está cada vez mais perto de Cuca. O ex-técnico do Botafogo e do Cruzeiro foi contatado no final desta segunda-feira. Seu nome ganhou força entre os dirigentes. Mas do lado do profissional, compasso de espera. No Beira-Rio, a definição não foi tomada. A repercussão do nome de Cuca junto aos torcedores pode até fazer o negócio não evoluir.

A primeira reunião entre o presidente Giovanni Luigi e outros dirigentes do Inter ocorreu quase 12 horas após a saída de Falcão. O número um da lista era Dunga. Mas o antigo comandante da seleção brasileira se blindou. Não querendo ouvir nem sequer propostas. A posição, no entanto, pode ser revertida, segundo pessoas próximas. Mas o Inter resolveu não esperar. Foi para outro lado. Nos planos de Luigi, o novo comandante tem que ser apresentado até quarta-feira.

Cuca e seu procurador preferem aguardar uma posição pública do Inter. “Não é que não houve o contato, eu só não quero falar nada. É melhor tratar com o meu empresário”, disse à reportagem do UOL Esporte, Cuca, que está em Curitiba e diz estar acompanhando as notícias sobre o sucessor de Paulo Roberto Falcão.

“Entendemos que o Inter tem que se colocar primeiro sobre este processo. É um momento do clube, não queremos nos colocar”, comentou o empresário do treinador, Eduardo Uram.

Na largada da corrida sucessória para o "rei de Roma", integrantes da atual gestão do Internacional lembraram que Cuca tem histórico de problemas em seus antigos clubes. Também resgataram sua passagem como técnico no Grêmio, em 2004. Mas nenhum dos argumentos tirou o profissional da briga. "Neste momento não acertei com ninguém. O Cuca é um dos possíveis, até pelos nomes restritos do mercado”, disse Luigi à Rádio Gaúcha.

Além do novo treinador, o Internacional deve anunciar seu novo comando diretivo para o grupo de jogadores. Fernandão é o mais cotado para assumir o cargo de diretor executivo de futebol.

Fonte: UOL.COM.BR