Publicado em 21/07/2011 as 12:00am

Chávez diz que "roubaram" vitória venezuelana e pede ajuda da Conmebol

Hugo Chávez mais uma vez usou o Twitter para acompanhar e comentar o jogo da Venezuela na Copa América. Só que após a derrota para o Paraguai, nos pênaltis, na última quarta, ele se irritou. Incomodado com a anulação de um gol aparentemente legal de sua s

Hugo Chávez mais uma vez usou o Twitter para acompanhar e comentar o jogo da Venezuela na Copa América. Só que após a derrota para o Paraguai, nos pênaltis, na última quarta, ele se irritou. Incomodado com a anulação de um gol aparentemente legal de sua seleção ainda no primeiro tempo, o polêmico presidente reclamou da arbitragem.

“Tanto Fidel [Castro, ex-presidente cubano que assistiu ao jogo ao lado de Chávez] como eu vimos claramente o gol que nos tiraram. Mas porque os árbitros anulariam esse gol espetacular? Adiantados algum de nossos gloriosos artilheiros? Nenhum! Na minha modesta opinião e baseando-me no que observei, nos roubaram o gol da vitória”, disse Chávez em seu perfil na rede social.

O lance polêmico aconteceu aos 34 minutos do primeiro tempo. Após um cruzamento, Cíchero escorou e Vizcarrondo cabeceou para o fundo do gol. O árbitro, no entanto, apontou impedimento de um dos atacantes que estava próximo do goleiro paraguaio, teria atrapalhado a visão de Villar e, por isso, participado da jogada.

Chávez não se convenceu. Também pelo Twitter, apelou para Nicolas Leoz, paraguaio que preside a Conmebol, a quem chamou de “Leo”.

“Amigo Leo, devemos cuidar da nossa Copa América. Seria bom se pudéssemos conversar sobre isso. Confesso que nosso amigo e compatriota Cesar Farias [técnico da Venezuela] falou comigo sobre ‘algumas coisinhas’ que às vezes atrapalham as coisas. Sobretudo na arbitragem. Revisemos, Leo!”, disse Chavez.

Fonte: UOL.COM.BR