Publicado em 24/07/2011 as 12:00am

Hamilton arrisca, dá show na pista e vê Vettel fazer sua pior prova na Alemanha

O inglês Lewis Hamilton conquistou sua segunda vitória na temporada e contou com a pior corrida do líder Sebastian Vettel no ano para garantir um pódio com os três pilotos que ainda almejam o título mundial, com Fernando Alonso em segundo e Mark Webber em

O inglês Lewis Hamilton conquistou sua segunda vitória na temporada e contou com a pior corrida do líder Sebastian Vettel no ano para garantir um pódio com os três pilotos que ainda almejam o título mundial, com Fernando Alonso em segundo e Mark Webber em terceiro, no Grande Prêmio da Alemanha, disputado no tradicional circuito de Nurburgring.

Com o trabalho da McLaren inferior ao das equipes rivais nos boxes, Hamilton fez valer na pista a sua superioridade e levou a melhor na disputa com Alonso e Webber.

Depois de largar na segunda fila pela primeira vez no ano, Sebastian Vettel acabou ficando fora do pódio, o que não ocorrido neste ano e mais uma vez decepcionou na corrida disputada em seu país, onde jamais venceu. O quarto lugar foi o pior resultado do alemão desde o GP da Coreia do Sul no ano passado, quando abandonou.

O brasileiro Felipe Massa foi atrapalhado por sua largada com uma manobra equivocada na tentativa de passar Sebastian Vettel, mas melhorou seu desempenho na pista e travou uma longa briga com o alemão para ficar com o quarto lugar, distante do trio Hamilton- Alonso-Webber.

A disputa da quarta posição entre Felipe Massa e Sebastian Vettel acabou ficando para a troca de pneus na abertura da última volta, quando Massa havia conseguido segurar o líder da temporada e acabou perdendo a posição devido à demora da Ferrari no pit stop, novamente ocasionado por uma porca que se soltou.

“A porca saiu voando na minha frente e eu saí acompanhando a porca. Sem dúvida uma corrida muito difícil, difícil foi a largada que larguei bem e tive que ir para fora porque os carros estavam mais lentos, acabei levando uma espremida e perdi não só para os que eu já tinha passado, mas para o Rosberg também e isso atrapalhou. Foi uma boa corrida, pena que aconteceu no final”, afirmou Felipe Massa à TV Globo após a corrida.

A corrida

Com a pista ainda úmida, mas sem chuva, o australiano Mark Webber mais uma vez não largou bem saindo na pole position e perdeu a liderança ao ser atacado por Lewis Hamilton. Felipe Massa também tentou ser agressivo na largada, mas acabou fechado ao tentar passar Sebastian Vettel e caiu para sexto. A largada ruim atrapalhou a corrida do brasileiro, que demorou para conseguir recuperar a posição de Nico Rosberg.

Sebastian Vettel fez sua pior corrida no ano, com direito a um erro cometido após ser ultrapassado pelo espanhol Fernando Alonso, tocando a roda na grama molhada e escapando da pista.

Em uma das disputas na pista, o alemão Nick Heidfeld, da Renault, foi o primeiro a abandonar a corrida ao bater no carro do suíço Sebastien Buemi, da Toro Rosso, que se manteve na prova.

Lewis Hamilton demonstrou na 12ª volta duas características que lhe têm marcado na temporada, os erros e o arrojo. O inglês errou sozinho quando liderava a corrida e foi ultrapassado por Mark Webber, mas retomou o posto na mesma reta com uma bela ultrapassagem.

Mas a Red Bull tratou de recolocar Webber na liderança no trabalho realizado nos boxes em um período na qual Massa fez duas belas ultrapassagens sobre Vettel e Webber, antes de parar para trocar pneus e voltar para o pelotão intermediário.

Novamente sem conseguir uma boa corrida com o carro da Williams, o brasileiro Rubens Barrichello abandonou durante a 18ª volta por problemas com o motor, que estava prestes a estourar.

“Eu continuei com o motor, mas ia quebrar no meio da reta e aí tem que parar. Tinha muita gente falando nos boxes para parar porque o motor iria estourar. Uma pena, porque se cai uma chuvinha no meio dessa ia ser uma boa para marcar ponto”, afirmou Barrichello à TV Globo.

Enquanto a McLaren levava desvantagem na estratégia nos boxes, Lewis Hamilton ainda conseguiu manter a liderança ao colocar pneus duros antes de Alonso e Webber, e ainda assim se manter veloz para vencer novamente após ter chegado em primeiro no GP da China. 

Fonte: UOL.COM.BR]