Publicado em 4/08/2011 as 12:00am

Cruzeiro confirma volta de W. Paulista e marca reapresentação para 3ª feira

Depois do aval dado pelo técnico Joel Santana, na tarde desta quinta-feira, a diretoria do Cruzeiro anunciou, no início da noite, o retorno do atacante Wellington Paulista. Por meio do twitter oficial do clube celeste, foi anunciado que o jogador, que não

Depois do aval dado pelo técnico Joel Santana, na tarde desta quinta-feira, a diretoria do Cruzeiro anunciou, no início da noite, o retorno do atacante Wellington Paulista. Por meio do twitter oficial do clube celeste, foi anunciado que o jogador, que não se firmou no Palmeiras, se reapresenta na próxima terça-feira.

“Wellington Paulista está de volta ao Cruzeiro. Jogador se reapresenta na terça-feira”, informou o twitter celeste. Essa é mais uma tentativa do clube mineiro de resolver a carência de gols. Há três jogos, quando foi derrotado consecutivamente, o time cruzeirense não balança as redes adversárias.

Wellington Paulista foi emprestado ao Palmeiras, em abril último, mas não se firmou no time comandado por Felipão. O jogador quase se transferiu para o Grêmio, mas por causa de um impasse na interpretação do regulamento da CBF e da FIFA, uma vez que o jogador já defendeu dois times nesta temporada, o clube gaúcho desistiu do negócio.

Com o Palmeiras o Cruzeiro já havia se entendido, na parte da tarde, e com o jogador o acordo foi efetivado sem problema. O atacante receberá o mesmo salário que tinha quando foi emprestado ao time pauista.

Ao ser consultado pelos dirigentes, Joel Santana revelou que considera interessante o retorno de Wellington Paulista, que seria uma espécie de solução caseira para a falta de um artilheiro.

Após a derrota para o Flamengo, por 1 a 0, quando o Cruzeiro perdeu pela terceira vez, o treinador colocou a dificuldade para se encontrar um “matador” com um dos entraves enfrentados pelo time.

Joel Santana tem feito sucessivas experiências para encontrar o parceiro de Wallyson, já que Thiago Ribeiro está em recuperação de contusão. Entre outros foram testados, sem conseguirem se firmar, o paraguaio Ortigoza, Reis, Anselmo Ramon e Sebá.

Fonte: UOL.COM.BR