Publicado em 24/08/2011 as 12:00am

Brasil domina rede e massacra Itália na abertura da fase final do Grand Prix

Com boa atuação ofensiva e domínio nos bloqueios a seleção brasileira feminina de vôlei iniciou a fase final do Grand Prix como havia terminado a fase preliminar e não tomou conhecimento da tradicional rival Itália, fazendo 3 sets a 0 em apenas 1h03 com p

Com boa atuação ofensiva e domínio nos bloqueios a seleção brasileira feminina de vôlei iniciou a fase final do Grand Prix como havia terminado a fase preliminar e não tomou conhecimento da tradicional rival Itália, fazendo 3 sets a 0 em apenas 1h03 com parciais de 25-16, 25-17 e 25-17.

Jogando em Macau a equipe do técnico José Roberto Guimarães teve ótimo aproveitamento na rede e somou 12 pontos de bloqueio, mais que o dobro da equipe italiana, com Fabiana e Thaisa sendo as principais jogadoras.

Thaisa ainda terminou como maior pontuadora da partida com o total de 17 no confronto, sendo 12 no ataque, dois em bloqueios e três aces, fundamento na qual a jogadora foi superior a toda a seleção da Itália.

A Itália voltou a contar com Francesca Piccinini diante da seleção brasileira após ela ter sido desfalque na fase inicial. A jogadora até conseguiu se destacar como a melhor pontuadora de sua equipe, mas não foi o suficiente para uma seleção italiana dominada em quadra.

“Estou muito feliz com o meu time. Jogamos muito bem. Nossos saques, bloqueios e a defesa fizeram um bom trabalho. Amanhã temos uma dura partida contra o Japão. Todo dia temos uma final, e temos de jogar cada vez melhor todos os dias”, afirmou José Roberto Guimarães.

A baixa da seleção brasileira ficou por conta de Mari, que acabou sofrendo uma lesão no abdômen e teve de ser substituída por Fernanda Garay durante o segundo set. Com um histórico recente de lesões, ela ainda não sabe a gravidade para a sequência da competição.

"Ela sentiu um pouco de dor no abdômen. Vamos ver como ela está se sentindo e analisar a situação dela com a equipe médica", explicou Zé Roberto.

O Brasil volta a jogar na madrugada desta quinta-feira, às 2h30 (de Brasília) diante do Japão pelo grupo B da fase final do Grand Prix. A equipe japonesa estreou na fase perdendo para os Estados Unidos também por 3 sets a 0, com parciais de 25-22, 25-17 e 25-23.

A seleção brasileira segue como a única equipe que ainda não perdeu nenhuma partida em toda a competição após ter feito a melhor campanha da primeira fase, em que perdeu apenas dois sets. 

Fonte: UOL.COM.BR