Publicado em 29/08/2011 as 12:00am

Corinthians é o 1º 'campeão' a fechar turno com duas derrotas

Normalmente quem termina o primeiro turno do Brasileiro em primeiro lugar, como campeão simbólico, está em alta e ganha moral para a segunda metade do campeonato. A situação do Corinthians, porém, é oposta.

Normalmente quem termina o primeiro turno do Brasileiro em primeiro lugar, como campeão simbólico, está em alta e ganha moral para a segunda metade do campeonato. A situação do Corinthians, porém, é oposta.

De 2003 para cá (quando o sistema de pontos corridos foi adotado), pela primeira vez uma equipe fatura o turno com duas derrotas nas duas últimas rodadas. O time alvinegro perdeu para o Figueirense por 2 a 0, na 18ª rodada, e para o Palmeiras, no último domingo, por 2 a 1.

Assim, inicia o returno na quarta-feira pressionado. Um novo tropeço, diante do Grêmio, às 18h, no Pacaembu, aumentará ainda mais a pressão sobre Tite, embora publicamente o presidente Andrés Sanchez banque o treinador.

São cada vez mais frequentes as perguntas a Tite sobre ameaça de demissão. Isso porque conselheiros e parte da torcida demonstram insatisfação com seu trabalho.

“Técnico tem que ter discernimento. Aceitar, trabalhar muito e falar pouco”, opinou após o revés para o arquirrival, em Presidente Prudente.

Os números evidenciam a má fase corintiana. Nos primeiros dez jogos, foram nove vitórias, um empate e um aproveitamento histórico de 93,3%. Nos últimos nove, aconteceram quatro derrotas, três empates e apenas duas vitórias, um desempenho de 33,3%.

A permanência na liderança, com 37 pontos (64,9% de aproveitamento), só foi possível porque os concorrentes também tropeçaram. O vice-líder Flamengo não ganha desde 6 de agosto (vem de três empates e uma derrota) e soma 36 pontos. O São Paulo empatou as últimas quatro partidas e tem 35.

“Nós terminamos em primeiro com todas essas dificuldades e com 11 vitórias. Agora tem de retomar o padrão. Esse momento é que está ruim”, apontou Tite.

Fonte: UOL.COM.BR