Publicado em 3/09/2011 as 12:00am

Especialistas se surpreendem com R. Gomes e falam em milagre

Há quase uma semana, Ricardo Gomes iniciou uma verdadeira batalha pela vida onde o objetivo inicial de médicos e admiradores era apenas que o treinador do Vasco pudesse sair vivo de uma delicada cirurgia que drenou uma hemorragia em seu cérebro após o AVC

Há quase uma semana, Ricardo Gomes iniciou uma verdadeira batalha pela vida onde o objetivo inicial de médicos e admiradores era apenas que o treinador do Vasco pudesse sair vivo de uma delicada cirurgia que drenou uma hemorragia em seu cérebro após o AVC sofrido. Em pouco tempo, entretanto, o comandante vascaíno foi além: Gomes não só passou bem pelo processo como recuperou a consciência e parte dos movimentos que poderiam ficar comprometidos em poucos dias.

Apesar de ser apenas o início de uma recuperação que promete se estender por pelo menos dois meses, alguns médicos especialistas no assunto e com vasta experiência em outros casos confessam ter ficados surpreendidos com o poder de reação do ex-jogador e agora técnico de futebol.

"Já tivemos experiências com inúmeros casos de AVC, cada um com suas características, mas essa situação do Ricardo Gomes surpreende muito, até pela gravidade de uma hemorragia cerebral. É de se comemorar bastante mesmo este estado de saúde dele após pouco mais de cinco dias do acidente", destacou a neurologista Malu Rangel, responsável durante anos pelo setor neurológico do Hospital das Clínicas, em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro, acrescentando ainda que a agilidade no pronto atendimento ao treinador foi um dos fatores que contribuíram para tamanho sucesso.

"Além do trabalho muito bem feito pelos médicos responsáveis, uma conjuntura de fatores também ajudou para que a recuperação fosse tão precoce. Conversei com uma pessoa que estava no estádio e participou dos primeiros socorros e eles me contaram que o técnico logo foi entubado e bastante ventilado. O fato dele ter feito o próprio diagnóstico e ter pedido socorro imediato também ajudou bastante Além disso, é um ex-atleta que se cuida, tem um histórico muito bom e aparenta ser bem saudável. Tudo ajudou neste momento tão delicado", ressaltou Malu.

Responsável pelo setor de fisioterapia do hospital Memorial, na zona norte da cidade, Adriana Rafful, acostumada a cuidar da recuperação de pacientes deste tipo foi além. Segundo ela, a precoce recuperação de Ricardo Gomes após um quadro extremamente delicado que se encontrava no domingo é praticamente um milagre, visto a dificuldade de se tratar um paciente em tais condições.

"Diante das circunstância que envolveram o caso e da experiência com pacientes deste tipo, podemos dizer que essa evolução tão rápida no quadro do Ricardo Gomes, principalmente no que diz respeito às sequelas motoras, é um milagre. Em um caso como o dele, geralmente, as pessoas demoram um pouco até que possam mexer pernas e braços e ele já conseguiu isso no terceiro dia de recuperação", explicou Rafful, acrescentando.

"Com o excelente trabalho que a equipe médica que o acompanha vem fazendo e com a intensidade que as sessões de fisioterapia vêm acontecendo, podemos prever que em cerca de 45 dias ele já possa estar andando até. É claro que tudo depende das respostas que ele vai dar nesse tempo, mas, mantida a evolução, a previsão é aproximadamente essa", salientou a fisioterapeuta. 

Fonte: UOL.COM.BR