Publicado em 5/09/2011 as 12:00am

Ronaldinho perde duelo com goleiro novato e esperar descontar em argentinos

O mais interessante duelo pessoal do amistoso entre Brasil e Gana na segunda-feira foi travado pelo veterano Ronaldinho Gaúcho e o novato goleiro Adam Kwarasey, em sua segunda aparição como titular da meta africana em uma partida internacional.

O mais interessante duelo pessoal do amistoso entre Brasil e Gana na segunda-feira foi travado pelo veterano Ronaldinho Gaúcho e o novato goleiro Adam Kwarasey, em sua segunda aparição como titular da meta africana em uma partida internacional. Apesar da vitória da seleção por 1 a 0, o jovem arqueiro de 23 anos se saiu melhor no embate com o ex-melhor do mundo, com defesas difíceis em três cobranças de faltas precisas.

Kwarasey nasceu em Oslo e tem pai norueguês. No entanto, o goleiro decidiu defender a seleção do país de sua mãe, Gana. Sua estreia internacional aconteceu no último sábado, há apenas três dias, na vitória da equipe sobre a Suazilândia pelas eliminatórias da Copa Africana.

Mesmo sem estrada no futebol, o goleiro ganense conseguiu frustrar o esperado retorno de Ronaldinho à seleção brasileira, depois de quase um ano de ausência. O ídolo participou bem da partida, mas saiu sem um gol com sua assinatura.

"É uma 'nhaca' (sobre os lances de quase gol). O goleirão teve a felicidade de defender uma bola boa na cobrança de falta. Mas passei muito tempo para voltar à seleção. Só ajudar os companheiros já me deixa feliz", afirmou o jogador de 31 anos após a atuação no amistoso da seleção na Inglaterra.

Com o gol negado em sua 94ª partida pela seleção, Ronaldinho espera a evolução em seu recomeço na seleção no próximo compromisso. O flamenguista foi novamente convocado por Mano Menezes, agora para a partida amistosa contra a Argentina em Córdoba no dia 14 de setembro.

"Brasil x Argentina é sempre Brasil x Argentina. Espero permanecer no grupo da seleção. O pensamento de permanecer, com a ideia de já jogar melhor na próxima partida. Quem sabe o gol não saia", declarou.

A cobrança por evolução de Ronaldinho também veio nas palavras pós-jogo de Mano Menezes: "Ele deixou uma boa imagem, mostrou que pode resolver o jogo em um lance, em uma bola parada. É isso o que a gente esperava dele".

"Ele está melhor atleticamente, sem dúvida nenhuma (em relação ao amistoso de 2010 contra a Argentina). Conseguiu fazer valer a diferenciação técnica. Esperamos esse acréscimo individual", declarou o treinador, em projeção de expectativa para o amistoso contra os rivais sul-americanos.  

Fonte: UOL.COM.BR