Publicado em 8/01/2012 as 12:00am

Neymar pode dar prêmio de consolação para o Brasil com gol mais bonito

Antes protagonistas nas festas de gala da Fifa, os jogadores brasileiros seguem em baixa na temporada 2011. Lionel Messi, Xavi e Cristiano Ronaldo são as estrelas da principal disputa desta segunda-feira na Suíça e concorrem ao posto de melhor jogador do

Antes protagonistas nas festas de gala da Fifa, os jogadores brasileiros seguem em baixa na temporada 2011. Lionel Messi, Xavi e Cristiano Ronaldo são as estrelas da principal disputa desta segunda-feira na Suíça e concorrem ao posto de melhor jogador do mundo. Destaque do país no último ano, Neymar poderá dar um prêmio de consolação ao Brasil. O jovem santista concorre, ao lado de Messi e Rooney, pelo gol mais bonito do ano.

O prêmio Puskas, em homenagem ao histórico jogador húngaro, é uma nova chance para Neymar marcar presença entre os maiores do futebol mundial. O atacante concorre pelo gol marcado na derrota de 5 a 4 do Santos para o Flamengo, na Vila Belmiro, em jogo válido pela última edição do Campeonato Brasileiro.

Messi (Barcelona) e Rooney (Manchester United) são os seus adversários. O trio passou por uma pré-seleção de dez gols em lista anterior da Fifa. Neymar estará na Suíça para participar da festa da Fifa.

Esta é a segunda vez que o atleta santista é finalista do prêmio. Em 2010, seu gol diante do Santo André, pela fase classificatória do Campeonato Paulista, ficou entre os dez mais bonitos. Hamit Altintop levou o troféu.

Ao lado de Messi, Xavi e Cristiano Ronaldo, Neymar terá a chance de ficar ainda mais conhecido para tentar voltar à festa de gala promovida pela Fifa entre os candidatos ao prêmio de melhor jogador do mundo. Este ano, o santista foi reconhecido e entrou na lista de 23 jogadores pré-classificados. O atacante foi o único jogador que atua fora da Europa na relação.

No feminino, Marta tenta garantir o hexa

Se o masculino não reúne brasileiros, a briga entre as mulheres pelo posto de melhor do mundo tem novamente Marta. A atleta tenta levar o troféu pela sexta vez na carreira. Ela encara a japonesa Homare Sawa e a norte-americana Abby Wambach.

Porém, Marta deverá ter mais dificuldades para ser premiada nesta edição. Após ser decisiva para o título japonês na Copa do Mundo, a favorita é Homare Sawa. A meio-campista liderou a seleção asiática na competição, disputada na Alemanha.

A festa, que está marcada para as 16h (de Brasília) desta segunda-feira, terá transmissão do canal SporTV

Fonte: uol.com.br