Publicado em 28/02/2012 as 12:00am

Neymar e Gaúcho decepcionam, Julio Cesar falha, mas gol contra dá vitória ao Brasil

A 28 meses do início da Copa do Mundo, Mano Menezes iniciou a fase de dar uma cara à seleção brasileira

A 28 meses do início da Copa do Mundo, Mano Menezes iniciou a fase de dar uma cara à seleção brasileira, sem exagerar nos testes de novos jogadores. “Estamos um degrau acima, com exigências maiores”, disse, antes de a bola rolar no primeiro amistoso do ano, contra a Bósnia-Hezergóvina, na Suíça. O resultado foi uma vitória por 2 a 1, graças a um gol contra aos 45 min do segundo tempo.

Os astros Neymar e Ronaldinho Gaúcho decepcionaram diante da seleção 19ª colocada no ranking da Fifa e que está fora da Eurocopa. Para piorar, o goleiro Julio Cesar levou um frango dez minutos depois de Marcelo abrir o placar

No segundo tempo, Mano até que foi ousado nas substituições, quando sacou Ronaldinho, Sandro e Hernanes para as entradas de Ganso, Elias e Hulk.

Nos acréscimos, Hulk recebeu na ponta esquerda e chutou forte, em direção à pequena área. A bola tocou no zagueiro Papac e entrou.

O primeiro gol brasileiro saiu logo aos 3 min, quando Daniel Alves avançou pelo meio e deu uma bela assistência para Marcelo. O camisa 6 invadiu a área pela esquerda e bateu cruzado. A bola tocou na trave e entrou.

Aos 13 min, Ibisevic puxou o contra-ataque e chutou da entrada da área. Julio Cesar caiu estranho, para trás, tentou defender com o pé e levou um frango.

Com Ronaldinho Gaúcho e Neymar pouco produtivos no ataque, as melhores oportunidades de gol surgiram nos pés de quem chegava como elemento surpreso, casos de Hernanes e Daniel Alves, além de Marcelo, autor do gol.

A chance mais clara ocorreu aos 19 min, quando Damião apareceu cara a cara com o goleiro, após belo lançamento de Fernandinho, mas Begovic defendeu. No rebote, Hernanes só teria o trabalho de tocar para o gol vazio, porém foi travado pela zaga.

A Bósnia não ficou só atrás, na defesa. Aos 44 min, Pjanic chutou de primeira e Julio Cesar espalmou.

A partida ficou chata no segundo tempo. O Brasil teve mais posse de bola depois das substituições, mas faltava qualidade para superar a defesa adversária. Até o lance de Hulk, que culminou com o gol contra.

BRASIL X BÓSNIA

BRASIL
Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Sandro (Elias), Fernandinho, Hernanes (Hulk) e Ronaldinho Gaúcho (Ganso); Neymar e Leandro Damião (Lucas)
Técnico: Mano Menezes

BÓSNIA
Asmir Begovic; Sasa Papac, Emir Spahic, Boris Pand?a, Rahimi?; Sanel Jahic, Miralem Pjanic (Maletic), Misimovi? (Ibricic) e Medunjanin (Zahorovic); Dzeko e Vedad Ibisevic (Salihovic)
Técnico: Safet Susic

Fonte: (da uol)