Publicado em 21/06/2012 as 12:00am

C. Ronaldo decide de novo e leva Portugal às semifinais da Euro-12

Cristiano Ronaldo mostrou mais uma vez seu poder de decidir uma partida - e de calar seus críticos. Nesta quinta-feira, o atacante voltou a se destacar e teve papel fundamental na classificação de Portugal às semifinais da Eurocopa-2012. O camisa sete fez

Cristiano Ronaldo mostrou mais uma vez seu poder de decidir uma partida - e de calar seus críticos. Nesta quinta-feira, o atacante voltou a se destacar e teve papel fundamental na classificação de Portugal às semifinais da Eurocopa-2012. O camisa sete fez o gol da vitória por 1 a 0 sobre a República Tcheca, em partida disputada em Varsóvia (Polônia) e participou de outros lances importantes.

Criticado por suas atuações sem brilho nos jogos contra Alemanha e Dinamarca, Cristiano Ronaldo respondeu em grande estilo contra a Holanda. O atacante fez os gols da vitória por 2 a 1 que definiu a classificação portuguesa para as quartas de final do torneio. Ele voltou a brilhar e mantém a esperança portuguesa de conquistar o inédito título da Eurocopa.

Portugal aguarda o vencedor de Espanha e França, que se enfrentam no sábado, para conhecer seu adversário na semifinal em Donetsk (Ucrânia) no dia 27.

Cristiano Ronaldo protagonizou dois belos lances na etapa inicial. Aos 32min, Após bola levantada por Pepe, o camisa sete deu uma bicicleta, mas a finalização foi para fora. Nos acréscimos, ele dominou no peito, livrou-se da marcação de Kadlec e chutou de virada; a bola acertou a trave.

O início da partida, porém, teve o domínio dos tchecos. Portugal encontrava dificuldades para articular jogadas ofensivas. Plasil e Jiracek se destacavam e tinham boa presença no ataque, mas a República Tcheca foi pouco objetiva. Os portugueses mostraram depender muito da inspiração de Cristiano Ronaldo, que sempre levou perigo à meta defendida por Cech.

Cristiano Ronaldo parecia mesmo sem sorte. No segundo tempo, aos 4min, o camisa sete bateu uma falta e a bola "beijou" a trave. A pontaria dos portugueses estava descalibrada, já que Hugo Almeida e Raúl Meireles chutaram para fora. Quando Nani mandou na direção certa, Cech defendeu aos 13min.

A pressão portuguesa continuava forte. Hugo Almeida balançou as redes aos 14min, mas o gol foi anulado – o atacante estava impedido. João Moutinho chutou de fora da área aos 19min e Cech fez grande defesa. Nani recebeu bom passe aos 29min, mas sua conclusão desviou na defesa e a bola passou perto do travessão. Acuados, os tchecos mal conseguiam passar do meio-campo.

Tanta pressão portuguesa foi recompensada aos 34min. João Moutinho cruzou da direita e Cristiano Ronaldo, de cabeça, venceu o goleiro Cech. A República Tcheca tentou reagir e Cech até foi para a área tentar a finalização nos acréscimos, mas a seleção se despediu da Euro-12.

Fonte: uol.com.br

Top News