Publicado em 9/07/2012 as 12:00am

Santos faz 4 no Grêmio e vence primeira na despedida de Neymar antes de Londres

O Santos não terá Neymar pelo menos nas próximas nove rodadas do Campeonato Brasileiro. Mas antes de embarcar para Londres, onde defenderá a seleção olímpica, o camisa 11 entrou em campo e mesmo sem ser brilhante ajudou o time da Vila Belmiro a golear o G

O Santos não terá Neymar pelo menos nas próximas nove rodadas do Campeonato Brasileiro. Mas antes de embarcar para Londres, onde defenderá a seleção olímpica, o camisa 11 entrou em campo e mesmo sem ser brilhante ajudou o time da Vila Belmiro a golear o Grêmio por 4 a 2, na Vila Belmiro.

Com gols de Edu Dracena, Neymar e Felipe Anderson (2), o Santos conquistou sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro e pulou da 18ª posição para 14ª deixando a zona de rebaixamento após oito rodadas disputadas. O Grêmio, com 12 pontos, caiu uma posição e agora é o 8º.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo e o Santos, além de perder Neymar, não terá o goleiro Rafael nem o meia Ganso – também na seleção -, contra o Internacional, no Beira-Rio. Já o Grêmio enfrenta o Cruzeiro, também fora de casa.

A partida na Vila Belmiro foi a melhor apresentação do Santos no Brasileiro. Após a eliminação da Libertadores, o time parece ter curado a ressaca e jogou com atitude, mesmo com as baixas no elenco.

Sem opções no ataque após as saídas de Borges, Renteria e Alan Kardec, Muricy Ramalho foi obrigado a lançar o jovem Victor Andrade, de apenas 16 anos, ao lado de Neymar. Bruno Peres também estreou na lateral direita e fez boa partida.

O Santos, que ainda não teve Ganso, poupado, e Elano, negociando com o rival gaúcho, viu o Grêmio dominar os minutos iniciais sem assustar o goleiro Rafael.

A partir dos 20 minutos, o time da casa melhorou e mesmo sem dar espetáculo marcou três vezes em 18 minutos. No entanto, apenas dois gols foram validados.

No primeiro, Neymar recebeu passe de Victor Andrade e adiantado balançou a rede de Marcelo Grohe. O assistente, bem posicionado, marcou impedimento do camisa 11 santista.

Sete minutos depois, Felipe Anderson cobrou escanteio, Neymar escorou e Edu Dracena de carrinho abriu o placar na Vila. O segundo não demorou a acontecer e, aos 38, Felipe Anderson marcou um golaço após receber passe de Juan, girar sobre a marcação e mandar uma bomba indefensável no ângulo esquerdo de Grohe.

O Grêmio pouco fez para reagir e a única chance clara de gol aconteceu em uma falha de Rafael, que saiu esquisito em um chute do volante Fernando. A má atuação fez Vanderlei Luxemburgo mudar o time e para o segundo tempo saíram Marco Antônio e Tony e entraram Marcelo Moreno e Gabriel.

Assim como na primeira etapa, os gaúchos foram melhores e quase marcaram após cobrança de escanteio. O volante Adriano desviou e só não fez contra porque Felipe Anderson tirou em cima da linha.

A melhora gremista não foi o suficiente e, antes dos 20 minutos, o Santos marcou o terceiro e praticamente matou a partida. Em outra cobrança de escanteio de Felipe Anderson, a bola foi desviada por Vilson e sobrou na cabeça de Neymar, que só escorou.

Entregue, o Grêmio ainda levou o quarto em um lance de azar. Felipe Anderson novamente cobrou falta e Marcelo Moreno deu um leve toque, o suficiente para tirar das mãos de Grohe.

O Grêmio ainda descontou com Vilson, que durante toda a partida sofreu com Neymar, e Marquinhos em belo chute. Mas foi só. O Santos sai da degola, mas terá que aprender a jogar sem seu principal jogador.

Fonte: uol.com.br