Publicado em 17/07/2012 as 12:00am

Corinthians entra em hall de clubes de futebol avaliados em mais de R$ 1 bilhão

O Corinthians é pelo quarto ano seguido o clube mais valioso do Brasil. Estudo feito pela BDO, empresa de auditoria e consultoria financeira, aponta que o clube, líder deste ranking desde 2010, está avaliado em R$ 1,05 bilhão, um recorde para os padrões b

O Corinthians é pelo quarto ano seguido o clube mais valioso do Brasil. Estudo feito pela BDO, empresa de auditoria e consultoria financeira, aponta que o clube, líder deste ranking desde 2010, está avaliado em R$ 1,05 bilhão, um recorde para os padrões brasileiros. O atual campeão da Libertadores é seguido por Flamengo, São Paulo, Palmeiras e Internacional

Este trabalho, de acordo com Amir Somoggi, diretor da divisão de consultoria de gestão da BDO, reflete a capacidade que os clubes brasileiros têm em arrecadar e gerar receita. Porém, lembra Somoggi, tal capacidade ainda não é totalmente explorado. "A marca do Corinthians foi avaliada em pouco mais de R$ 1 bilhão porque ela é capaz de gerar essa receita. Mas ela arrecada bem menos que isso. Por exemplo: se o clube fosse posto à venda não seria comprado por este preço", avalia Somoggi.

O motivo para esta conclusão é simples. O Manchester United, clube mais valioso do mundo, foi vendido por cerca de R$ 3 bilhões em 2005. Com um detalhe: o clube inglês arrecadou R$ 268 milhões em 2011 somente com patrocínios de acordo com a revista Forbes. O valor é quase igual ao arrecado pelo Corinthians com todas fontes de receita. De acordo com relatório do clube divulgado no início deste ano, o clube arrecadou R$ 290 milhões em 2011.

O Corinthians tem crescido muito nos últimos anos, com títulos importantes e aumento de patrimônio, o que obviamente foi avaliado pelo estudo. Mesmo assim, o clube paulista, e principalmente os outros rivais do Estado e do país, ficam muito atrás dos clubes europeus. Menos por falta de condições, mais por incapacidade administrativa. "Se o Flamengo, com a maior torcida, arrecadasse o que o Corinthians arrecada teria a marca mais valiosa do Brasil", avalia Somoggi.

O sucesso corintiano nos últimos anos fez seu ex-presidente, Andrés Sanchez, dizer mais de uma vez que o clube estaria em pouco tempo entre os maiores do mundo. O presidente justificava o aumento da dívida do clube, que aumentou 90% durante sua gestão, com o aumento de receita visto no período em que foi presidente. "Qual é o clube que mais deve no mundo? Qual é o segundo que mais arrecada?", gostava de perguntar Sanchez, antes de dar a resposta. O Real Madrid está atrás do Manchester United. Para Somoggi, as projeções de Sanchez ainda são um sonho para um clube brasileiro.

"Isso seria possível se os gigantes da Europa perdessem seus bilhões de torcedores, seus estádios ficassem vazios, suas marcas não atraíssem mais centenas de patrocinadores", disse Somoggi. "O Corinthians fatura menos que o Atlético de Madrid e tem que fazer o dever de casa para sair do lugar comum. Hoje o clube, sem venda de atletas, fatura 230 milhões de reais e por mais que cresça, suas receitas são insignificantes em relação ao maiores clubes do mundo", disse Somoggi.

Clubes de futebol com marcas avaliadas acima de R$ 1 bilhão*

Manchester United: R$ 4,5 bilhões

Real Madrid: R$ 3,8 bilhões

Barcelona: R$ 2,66 bilhões

Arsenal: R$ 2,62 bilhões

Bayern de Munique: R$ 2,5 bilhões

Milan: R$ 2,01 bilhões

Chelsea: R$ 1,54 bilhão

Juventus: R$ 1,27 bilhão

Fonte: ig.com.br